Red Bull Bragantino enfrenta o Fortaleza, em casa, de olho na vaga da Libertadores

Com uma campanha surpreendente no Campeonato Brasileiro, o Red Bull Bragantino pode confirmar nesta quinta-feira a sua vaga na fase preliminar da Copa Libertadores de 2024. Para isso, precisa vencer no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), às 20h30, no encerramento da 36ª rodada, o Fortaleza, que vem em baixa desde o vice conquistado na Copa Sul-Americana.

O Red Bull Bragantino vem de duas derrotas fora de casa, para o Flamengo e Internacional, ambos por 1 a 0. Apesar de ter chances matemáticas de brigar pelo título, o clube sempre deixou claro que o objetivo era uma vaga na Libertadores. É o sexto colocado, com 59 pontos, sete a mais que o Athletico-PR, primeiro perseguidor pelo G-6. Caso conquiste os três pontos, faltando seis pontos em disputa, o time paulista não será mais ultrapassado.

O técnico Pedro Caixinha não terá o zagueiro Léo Ortiz, o lateral-esquerdo Luan Cândido e o meia Lucas Evangelista, todos suspensos. Para a defesa, Luan Patrick, Lucas Cunha e Lucas Rafael brigam pela vaga. Na lateral, Juninho Capixaba deve ser recuado para posição de origem, uma vez que ele vinha atuando como meia. No meio de campo, Erick Ramires deve ser acionado, mas tem a concorrência do meia-atacante Thiago Borbas, que volta de suspensão. Com isso, Eduardo Sasha pode ser deslocado para o meio, fazendo a função.

O técnico comentou sobre o que espera nesta reta final. "Quando iniciamos o campeonato, definimos muito bem o nosso objetivo e a meta de pontos que precisávamos alcançar. Se perdermos todos os jogos até o final, ainda vamos estar acima dessa meta. Hoje a matemática ainda nos permite sonhar, mas é bem mais difícil", reconheceu o português, sabendo que os matemáticos colocam seu time com apenas 1% de chance de ser campeão.

O Fortaleza ainda está de ressaca estendida da Sul-Americana. Em queda livre desde que perdeu o título nos pênaltis para a LDU-EQU na final da Sul-Americana, o time cearense não venceu mais. São nove jogos sem vitórias e na última rodada cedeu o empate por 2 a 2 para o Palmeiras, após ficar duas vezes à frente do placar. No momento tem 45 pontos e já começa a ver ameaçada a vaga para a Sul-Americana.

Do outro lado, o técnico Vojvoda conta com a volta do centroavante Lucero, fora do último jogo por conta de uma contratura muscular e volta ao time titular, no lugar de Thiago Galhardo. Já o atacante Romero, segue entregue ao departamento médico. Outra baixa é o atacante Marinho, suspenso com o terceiro amarelo. Com isso, Yago Pikachu deve seguir no time titular, junto com Guilherme.

Com jejum de vitórias, Vojvoda tem se cobrado por resultados: "O torcedor está sofrendo por esses pontos que não conseguimos e imagine eu, que planejei tudo para conseguir os pontos e não conseguimos. Vamos trabalhar com força, porque me conheço e sei que exijo muito, como exijo aos jogadores. A primeira exigência vai ser a mim mesmo."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes