Coritiba dispensa ex-atacante do Real e mais 4 jogadores antes do fim do Brasileirão

Chegou ao fim nesta quarta-feira a curta passagem do espanhol Jesé Rodriguez no Coritiba. O atacante, ex-Real Madrid e PSG, chegou como uma das esperanças de salvar o time já no segundo turno do Brasileirão, mas pouco fez e encabeçou a lista de dispensas, que ainda contou com Samaris, o experiente Henrique e mais dois atletas.

Aos 30 anos, o atacante estava livre no mercado após ser rebaixado com a Sampdoria e acertou um contrato de três meses, até 31 de dezembro. Seria avaliado e com possibilidade de permanecer em 2024. Mas realizou apenas seis partidas, com um gol e nenhuma assistência, e acabou comunicado que não faz mais parte dos planos.

O volante grego Samaris, de 35 anos, acertou um pouco antes e no mesmo esquema de Jesé. Ele estava no Rio Ave, de Portugal, e chegou com a incumbência de fazer o Coritiba subir na tabela no Brasileirão.

"O Coritiba SAF comunica que a partir desta data, os atletas Henrique, Andreas Samaris, Boschilia, Lucas Barbosa e Jesé Rodríguez estão liberados de realizar atividades junto ao clube", anunciou o Coritiba. "A liberação dos atletas está alinhada com o objetivo de antecipar o planejamento com foco na temporada de 2024."

Todos que tinham acordo somente até 31 de dezembro e não estão nos planos do técnico Guto Ferreira para a próxima temporada acabaram liberados para buscar novos clubes. Torcedores admitiram que os gringos decepcionaram, mas pediram mais respeito ao zagueiro Henrique, que esteve na maioria dos jogos do Brasileirão.

O novo treinador chegou justamente nesta quarta-feira a Curitiba para iniciar a reformulação do grupo, que disputará a Série B no próximo ano - Guto Ferreira nem comanda o time diante do Botafogo, nesta quarta-feira.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes