Albânia de Sylvinho cede empate à Moldávia, mas se classifica para a Eurocopa

A Albânia, do técnico Sylvinho, ex-Corinthians, vencia a Moldávia por 1 a 0 e permitiu um empate por 1 a 1 aos 42 minutos do segundo tempo, mas isso não impediu a classificação para a disputa da Eurocopa em 2024. O ponto somado na partida da penúltima rodada das Eliminatórias do torneio europeu, nesta sexta-feira (17), deixou os albanases com 14 pontos, na liderança do Grupo E, sem chances de terminar em qualquer posição abaixo da segunda, na qual se encerra a zona de classificação direta.

A vice-liderança da chave é da República Tcheca, dona de 11 pontos e única seleção que ainda pode ultrapassar a Albânia, pois enfrenta a Polônia hoje e tem mais um duelo, contra os moldavos. Os poloneses estão em quarto lugar, com dez pontos, e, depois do embate com os tchecos, encerram a participação nas Eliminatórias. Também com dez pontos, a Moldávia é outra não pode mais ultrapassar os albaneses. A lanterna é das Ilhas Faroé, que somaram apenas um ponto.

Sylvinho foi contratado pela Albânia em janeiro deste ano, após quase um ano desempregado, e chegou ao país europeu acompanhado do também brasileiro Doriva e do ex-lateral argentino Pablo Zabaleta como auxiliares técnicos. Seu último trabalho havia sido no Corinthians, clube com o qual tinha identificação em razão de sua passagem como jogador, mas a atuação como técnico foi alvo de muitas críticas da torcida.

No jogo desta sexta, a seleção albanesa abriu o placar aos 25 minutos do primeiro tempo, com um gol de pênalti marcado por Cikalleshi. A vitória, contudo, acabou sendo negada por Baboglo, autor do gol do empate moldavo aos 42 minutos da etapa final. A classificação veio, e a Albânia vai disputar a Eurocopa pela segunda vez em seu formato atual. A primeira foi em 2016, quando caiu na fase de grupos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes