Vicente Luque admite que se sentiu desrespeitado por Ian Machado Garry

Integrante da elite dos meio-médios (77 kg) do UFC, Vicente Luque vive uma situação inusitada no MMA. No dia 16 de dezembro, em Las Vegas (EUA), o atleta vai enfrentar Ian Machado Garry, um de seus companheiros de treino na 'Kill Cliff FC' e que, aos poucos, vai virando seu rival. Tanto que 'The Silent Assassin' admitiu que ficou incomodado com uma das provocações feitas pelo 'Novo Conor McGregor'.

Além de afirmar ser melhor do que Vicente como lutador e prometer fazer o que quiser com ele no duelo, Garry aproveitou a publicação que o mesmo fez sobre seu batismo e comentou, '16 de dezembro. Ele (Jesus) estará presente em sua frente, alto, loiro e poderoso'. Em entrevista ao canal do 'YouTube' 'Middle Easy', Luque confessou que se sentiu desrespeitado pelo irlandês, mas garantiu que sua atuação será baseada na razão e não na emoção. De todo modo, o atleta informou que os demais integrantes da 'Kill Cliff FC' reprovaram o 'trash talk' de 'The Future'.

"Eu sei que Garry gosta de falar. Quando você fala, você também precisa estar disposto a ouvir. Ele provavelmente sabe como lidar com isso porque é o jeito dele. Só espero que ele esteja pronto para a luta, isso é o que realmente importa agora. A Kill Cliff é um ambiente difícil no sentido de que há muitos caras treinando juntos e somos durões. Tenho certeza que muitos caras não gostaram do comentário que ele fez no meu Instagram. Senti que foi um desrespeito. Não vou levar isso para o lado pessoal. Fiz algo que era muito importante para mim e ele escolheu tirar sarro. Tenho certeza que muitos caras viram isso e pensaram, 'Ele era nosso companheiro, agora está lutando contra um de nós e decide mudar de atitude'. Acho que isso incomoda muita gente", declarou o lutador.

Registro de Luque no MMA

Vicente Luque, de 31 anos, é um veterano do MMA. O atleta iniciou sua trajetória no esporte em 2009 e estreou no UFC em 2015. Atualmente, 'The Silent Assassin' se encontra na nona posição no ranking dos meio-médios da liga. Em sua carreira, o profissional construiu um cartel composto por 22 vitórias, sendo 19 pela via rápida (11 por nocaute e oito por finalização), nove derrotas e um empate. Seus principais triunfos foram sobre Belal Muhammad, Jalin Turner, Michael Chiesa, Mike Perry, Rafael dos Anjos, Randy Brown, Thiago 'Marreta' e Tyron Woodley.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora