Preocupado? Dana White minimiza força da PFL após comprar Bellator: "Hilário"

Em novembro, a PFL anunciou oficialmente a compra do Bellator, em um negócio que abalou o MMA. Se o acordo entre as organizações empolgou fãs, lutadores e profissionais do esporte, Dana White não reagiu da mesma maneira. Após o UFC Austin, evento realizado no último sábado (2), no Texas (EUA), o cartola, sincero, deu seu parecer sobre a união das empresas rivais do Ultimate.

Empolgado por reforçar o plantel de lutadores da 'Professional Fighters League', Donn Davis, presidente da companhia, provocou Dana, afirmando que o líder do UFC deveria estar preocupado em ver o crescimento da concorrência. Vale pontuar que, ao longo dos últimos meses, o cartola fez pouco caso da negociação entre as empresas e questionou quem teria a coragem de comprar o Bellator. Agora, White minimizou a força da PFL após a compra da organização, desdenhando do acordo.

"É hilário. Bom para eles. Desejo a eles toda sorte do mundo. Já falei sobre isso antes. Uma péssima organização, que não vende ingressos e ninguém assiste compra outra péssima organização, que não vende ingressos e ninguém assiste. Parece um vencedor para mim. Uau!", declarou o cartola, na coletiva de imprensa pós-UFC Austin.

Mega evento entre campeões em 2024

Após a PFL adquirir o Bellator, Davis anunciou a realização de um grandioso evento no início da temporada 2024. Nele, os campeões das companhias vão se enfrentar. De qualquer forma, ainda não há mais detalhes sobre a já aguardada atração.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora