Poatan aponta 'exagero' em reclamação de Blachowicz e avisa: "Tem que entrar na fila"

Após se tornar campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC, em novembro, em Nova York (EUA), Alex Pereira teve que lidar com a ira de Jan Blachowicz. Alvo do 'trash talk' feito pelo veterano e do seu desejo de enfrentá-lo novamente, o brasileiro comentou o ocorrido.

'Poatan' apontou que o polonês exagerou no tom da reclamação. Derrotado pelo brasileiro por decisão dividida, Blachowicz afirmou que foi 'roubado' na luta, realizada em julho, exigiu uma revanche e o classificou como 'patético' por ter desafiado Israel Adesanya, visando a trilogia no UFC. Mas, de acordo com o striker, Jan adotou tal tática para voltar aos holofotes e tentar cavar uma nova disputa de cinturão dos meio-pesados. É bem verdade que Alex não descarta encarar o veterano novamente, mas frisa que ele precisa refazer seu caminho na divisão.

"Para mim, é indiferente quem virá. É claro que entre Blachowicz e Hill, 100% prefiro Hill, porque já lutei com Blachowicz. Então, acho que não faz sentido. Acho que Blachowicz fez algumas postagens até um pouco agressivas, mas ok, o cara tem que garantir a luta dele, isso vai trazer visibilidade para ele, vai estar ganhando, lutando com o campeão. Ele está fazendo o papel dele. Por mim, lutaria com qualquer um. Se o UFC falar que tem que ser Blachowicz, vou lutar, mas não faz sentido. Acho que ele tem que entrar na fila agora", declarou o campeão do UFC, em seu canal oficial no 'YouTube'.

Registro de 'Poatan' no MMA

Alex Pereira, de 36 anos, se tornou campeão do peso-médio (84 kg) do UFC em 2022 e, um ano depois, conquistou o cinturão dos meio-pesados, em sua sétima aparição na liga. No Ultimate desde 2021, o brasileiro venceu lutadores renomados como Jan Blachowicz, Jiri Prochazka, Israel Adesanya e Sean Strickland.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes