Bobby Green afirma que equipe de Tsarukyan o atacou em hotel

Uma das principais figuras do UFC Austin, evento programado para acontecer neste sábado (2), no Texas (EUA), Bobby Green se envolveu em uma polêmica. Na última quarta-feira (29), o veterano afirmou que foi atacado pela equipe de Arman Tsarukyan no hotel escolhido pela empresa para abrigar os profissionais envolvidos no show.

Em suas redes sociais, em vídeo recuperado pelo perfil 'The Mac Life' (veja abaixo ou clique aqui), Green, irritado, relatou o suposto ocorrido. De acordo com o americano, a confusão foi causada por membros da equipe de Tsarukyan. Inclusive, o veterano confessou que agrediu um dos integrantes do time do armênio em legítima defesa. Ao site 'MMA Fighting', um representante do UFC informou que a empresa começou a investigar o episódio. Ainda não se sabe o que gerou o atrito entre as partes, mas, recentemente, 'King' classificou Arman como um lutador chato e contestou seu nível de habilidade.

"Não vou começar nada com ninguém, mas se você começar essa m*** comigo, com certeza vou terminar. Está apenas começando, posso ir para a prisão esta noite. Então, esse idiota veio até mim e tentou começar essa m***. Ele não sabia que eu iria terminar essa m***. Soquei um dos amigos dele. Pare de brincar comigo. Não sei quem diabos ele é. Mas ele estava agindo de forma muito corajosa quando me atacaram quando eu estava sozinho. Assim que eu encontrei de novo com meu cara, ele disse, 'Oh não, não'. Você começou essa m*** e, assim que a segurança chegou, você quer agir como durão de novo", declarou o lutador em sua conta oficial no 'Instagram'.

Olho neles!

No UFC Austin, Arman Tsarukyan e Bobby Green possuem adversários diferentes. Na luta principal do evento, a promessa do peso-leve (70 kg) mede forças com o veterano Beneil Dariush. Pela mesma categoria, 'King' lida com Jalin Turner.

 

 

Uma publicação compartilhada por The Mac Life (@themaclifeofficial)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes