Wanderlei Silva explica desafio para segurança de MC Daniel: "Senti falta de uma treta"

Na última semana, Wanderlei Silva surpreendeu ao desafiar o segurança do MC Daniel para uma luta, seja de boxe ou de MMA, no 'Fight Music Show'. Em seguida, Alexandre 'Pitbull' aceitou o 'convite' do veterano e passou a provocá-lo. Como as partes chegaram a um acordo, ao menos verbal, o ex-campeão do Pride FC explicou o motivo para tratar o profissional como um potencial oponente.

Em conversa com Fabrício Werdum no canal oficial do amigo no 'YouTube', 'Wand' admitiu que estava com saudade de competir nos esportes de combate e polemizar, enxergando no episódio envolvendo o MC, o segurança e um homem não identificado como a oportunidade ideal para voltar à ação. Sem lutar desde 2018, o veterano não esconde a felicidade por ter uma possibilidade real de subir no ringue ou no cage novamente. Tanto que, apesar do período sem atuar, o 'Cachorro Louco' garantiu que sua agressividade permaneceu a mesma.

"Eu estava querendo fazer um combate, vi aquela situação em alta, não gostei, achei uma covardia e resolvi desafiar. Quero me testar nesse novo entretenimento. O atleta tem que competir e estou sentindo falta de uma treta, de bater em alguém e vi a oportunidade para dar umas porradas. É um cara jovem, grande, mais pesado do que eu, bem folgado, trabalha para um cara mais folgado ainda, então será um combate bem interessante. Estou com saudade de brigar, gosto do negócio e, ao mesmo tempo, sei que sou um cara que posso fazer muito entretenimento", declarou a lenda do MMA.

Entenda a polêmica

'Wand' decidiu desafiar o segurança do MC Daniel para uma luta, após o mesmo protagonizar uma polêmica recentemente, na saída de um restaurante, em São Paulo. Tudo começou quando um homem provocou o cantor ao ver uma pessoa próxima o tietando. Na discussão, o indivíduo em questão agrediu Daniel. Em resposta, 'Pitbull' acertou um potente soco no 'bad boy', que 'apagou' na hora. Ao tomar conhecimento do episódio, o lutador reprovou a atitude do MC e do segurança e se prontificou a 'dar uma lição' no segundo.

Currículo de 'Wand' nos esportes de combate

Wanderlei Silva, de 47 anos, é um dos principais lutadores brasileiros da história do MMA. 'Wand' marcou época no Pride FC e também se destacou no UFC. Pela organização japonesa, o curitibano foi campeão do peso-médio e venceu o GP da categoria. Ao longo dos anos, o profissional construiu um cartel composto por 35 vitórias, 14 derrotas, um empate e um 'no contest'. Seus principais triunfos foram sobre Brian Stann, Dan Henderson, Guy Mezger, Kazushi Sakuraba (três vezes), Keith Jardine, Michael Bisping, Quinton 'Rampage' Jackson (duas vezes) e Ricardo Arona.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes