O'Malley questiona intenção de Sterling em migrar para os penas: "Ele é inseguro"

Antes mesmo de ser nocauteado por Sean O'Malley e perder o cinturão do peso-galo (61 kg), em agosto desta temporada, Aljamain Sterling já flertava com a possibilidade de migrar para o peso-pena (66 kg). Apesar de admitir que a mudança poderia gerar um efeito benéfico para a carreira de seu rival, 'Sugar' questiona se 'The Funk Master' irá, de fato, concretizar tal plano. Na opinião do atual campeão até 61 kg e mais recente algoz de 'Aljo', uma possível insegurança pode ser um fator crucial na tomada de escolha.

Em recente participação no programa 'The MMA Hour', O'Malley deixou a rivalidade com Aljamain de lado e analisou que uma eventual subida aos penas poderia trazer novos ares e confrontos interessantes para a carreira de seu concorrente. Entretanto, o popular campeão destacou que Sterling possui uma vantagem física sobre seus adversários com 61 kg que possivelmente não gostaria de abrir mão e não teria, caso optasse em competir com 66 kg.

"Gosto do Aljo, é um cara bacana. Acho que se ele subir para 66 kg, seria muito interessante. Há muitas lutas interessantes lá, e acho que o peso dele é alto o suficiente para isso. Ele provavelmente deve estar com uns 79 kg. Não faz sentido voltar para 61 kg, pensando na saúde e longevidade. Tem alguns casamentos nos penas que ele poderia ir bem. Que tal Aljo vs Brian Ortega? É uma ótima luta. Mas ele provavelmente vai voltar para os pesos-galos apenas porque ele é inseguro e quer ser mais forte e maior que esses caras. Por que mais ele não lutaria nos penas? Não é como se ele não tivesse habilidades. Ele tem, é bom. Não tão bom quanto eu, mas é bom. Ele poderia subir para os penas, acho que ele se viraria bem por lá", opinou Sean.

Futuro indefinido

Com ambas possibilidades ainda em aberto, Sterling ainda não cravou seu futuro. O atleta já ressaltou seu desejo de tentar vingar a derrota sofrida para O'Malley, mas ao mesmo tempo já projetou um eventual confronto com Max Holloway no peso-pena. Enquanto não oficializa seu próximo passo no MMA profissional, o ex-campeão do UFC se mantém ativo em competições de grappling.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes