Dariush afirma que Poirier recusou enfrentá-lo no UFC

Neste sábado (2), no Texas (EUA), Beneil Dariush entra em ação no UFC e busca voltar ao caminho das vitórias. Nocauteado por Charles Oliveira no primeiro round, em junho, o atleta visa se recompor na luta contra o promissor Arman Tsarukyan, válida pelo peso-leve (70 kg). Mas o veterano informou que quase teve um oponente diferente e que seria um combate ainda mais importante.

Em entrevista ao canal do 'YouTube' 'Submission Radio', Dariush revelou que esteve perto de enfrentar Dustin Poirier, porém o encontro não saiu do papel. E, de acordo com o atleta, 'The Diamond' foi o responsável pelo duelo não acontecer. Vale pontuar que, sempre que pode, Beneil manifesta a vontade de medir forças com Dustin. Contudo, o ex-campeão interino do peso-leve do UFC já avisou não ter interesse em encarar o lutador por visar confrontos empolgantes e grandiosos. Sendo assim, 'Benny' se mostra descrente de que um dia tal embate possa se concretizar.

"Recebi uma ligação para lutar contra Poirier há algumas semanas no UFC 295. O UFC disse, 'Você estaria disposto?'. Eu disse, 'Sim, claro, posso lutar com Poirier'. Eles disseram, 'Ok, entraremos em contato com você'. Não se concretizou e então me ligaram novamente. Eles disseram: 'Ok, e Poirier para dois de dezembro?', Eu disse, 'Ok'. Esperei, mas não se materializou. Depois, o UFC disse que eu lutaria com Tsarukyan e que seria cinco rounds. Não tenho certeza do que aconteceu com Poirier. Adoraria ouvir o que ele tem a dizer sobre isso, mas ninguém perguntou a ele em entrevistas e não mencionou. Acho que ele está procurando diferentes tipos de luta", declarou o lutador.

Registro de Dariush no MMA

Beneil Dariush, de 34 anos, é integrante de longa data do top-10 do peso-leve do UFC. Na companhia desde 2014, o atleta se encontra em quarto lugar no ranking da divisão. O pupilo de Rafael Cordeiro na 'Kings MMA' iniciou sua trajetória no esporte em 2009 e, ao longo dos anos, construiu um cartel composto por 22 vitórias, cinco derrotas e um empate. Seus triunfos mais importantes foram sobre Carlos Diego Ferreira (duas vezes), Drew Dober, Jim Miller, Mateusz Gamrot, Michael Johnson, Thiago Moisés e Tony Ferguson.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes