PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do UFC refuta dívida milionária por suposta aposta em luta de boxe

Ag. Fight

Ag. Fight

20/04/2021 10h34

A vitória de Jake Paul sobre Ben Askren no último sábado (17), pelo main event do 'Thriller Fight Club', trouxe para Dana White, presidente do UFC, não apenas o dissabor de ver um ex-atleta de sua companhia ser nocauteado por um youtuber com pouca experiência no boxe, como também a cobrança por uma suposta dívida financeira, fruto de uma aposta sugerida pelo próprio cartola antes do combate. Mas, de acordo com o dirigente máximo do Ultimate, nenhum compromisso foi, de fato, firmado e, portanto, não há nenhum débito a ser quitado.

O imbróglio teve início há pouco mais de um mês, quando - em participação no podcast 'Hotboxing With Mike Tyson' - Dana afirmou que apostaria um milhão de dólares (cerca de R$ 5,6 milhões) na derrota do astro da internet no confronto contra o ex-UFC Ben Askren. A declaração não foi esquecida pelo lado do youtuber. Imediatamente após o duelo do último sábado, o rapper Snoop Dogg, um dos donos do 'Thriller Fight Club' e que serviu como apresentador do evento, 'cobrou' o dirigente, assim como o próprio Jake Paul, em publicação nas suas redes sociais.

Entretanto, ao que tudo indica, o presidente do UFC não parece disposto a abrir a carteira para pagar a suposta aposta. Em entrevista ao site 'Yahoo!Sports', Dana refutou a dívida, alegando que a aposta nunca foi concretizada, até mesmo por se tratar de uma prática ilegal, já que seria feita sem a regulamentação de alguma instituição, sendo apenas um acordo 'de boca'.

"Eu não quero nem dizer o que eu acho que aconteceu naquela luta. Mas eu posso te dizer o seguinte: eu não devo 2 milhões para Snoop (Dogg). Eu nunca aposto - permita-me deixar isso claro aqui para todo mundo: eu nunca fiz uma aposta ilegal, nunca. Eu não fiz uma aposta ilegal na noite de sábado. Eu não apostei 2 milhões com Snoop ou com qualquer um", afirmou Dana White, antes de completar.

"Javier Mendez me ligou logo depois que eu fiz o podcast do Mike Tyson, ele é o treinador principal da AKA, e ele disse: 'Esses caras no Thriller, eles querem aceitar essa aposta. Eles querem apostar 2 milhões de dólares com você'. Eu disse: 'Isso é ilegal, p***'. Primeiro de tudo, eu não vou fazer uma aposta ilegal, número um, e número dois, por que eu apostaria com eles 1 milhão ou 2 milhões, quando eu poderia fazer isso de forma legal em Las Vegas e conseguir dois por um?", concluiu o dirigente.

Esporte