PUBLICIDADE
Topo

Esporte

De volta ao peso-médio, Weidman tenta retomar carreira no UFC Las Vegas

Ag. Fight

Ag. Fight

08/08/2020 06h00

Cinco derrotas nas últimas seis lutas, tentativa de subir para os meio-pesados (93 kg) frustrada após mais um nocaute sofrido, mais de três anos sem vitória e futuro questionado por Dana White, presidente do Ultimate. Esse é o retrospecto negativo recente que Chris Weidman tenta deixar para trás neste sábado (8), ao encarar Omari Akhmedov, no co-main event do UFC Las Vegas.

Em peleja que marca sua volta ao peso-médio (84 kg), categoria da qual foi campeão entre 2013 e 2015, Chris Weidman busca sua primeira vitória desde julho de 2017, quando finalizou Kevin Gastelum. Os resultados negativos dos últimos anos, no entanto, foram minimizados pelo americano, que - em contato com a imprensa durante a semana pré-luta - apontou a qualidade dos adversários anteriores para justificar os reveses.

Este fator, inclusive, foi utilizado por Weidman como forma de demonstrar confiança na retomada do caminho de vitórias no combate contra Akhmedov, já que, em sua visão, o russo não apresenta o mesmo nível técnico dos seus algozes.

Apesar do otimismo demonstrado por Weidman, Omari Akhmedov chega para este combate com a moral de quem está invicto há seis lutas. Desde que subiu para o peso-médio, o lutador russo soma três vitórias e um empate, resultados que o levaram ao 11º lugar no ranking da categoria. E um triunfo sobre o ex-campeão certamente o impulsionará para o top 10 da divisão.

Quem já se encontra no top 10 de sua categoria são os dois protagonistas do main event da noite. Atual quarto colocado no ranking dos pesos-pesados, Derrick Lewis vai em busca de sua terceira vitória consecutiva para se aproximar de uma nova chance de disputar o cinturão. Situação parecida com a de Aleksei Oleinik, seu adversário, que também vem de dois triunfos seguidos e tenta, aos 43 anos, chegar perto do top 5 da divisão.

O UFC Las Vegas conta ainda com a participação de um brasileiro e dois atletas com identificação com o Brasil. Após conquistar sua primeira vitória no octógono do Ultimate, o curitibano Wellington Turman mede forças contra Andrew Sanchez no card preliminar, para engatar sua primeira sequência positiva pela organização.

Na última luta do card preliminar, o argentino Laureano Staropoli - que treina no Brasil na academia 'Chute Boxe Diego Lima' - tenta a recuperação, diante do veterano Tim Means, após sofrer a primeira derrota pelo UFC, em outubro do ano passado. Já a russa Yana Kunitskaya, namorada do peso-meio-pesado carioca Thiago 'Marreta', encara a lituana Julija Stoliarenko, pelo card principal.

Esporte