PUBLICIDADE
Topo

Colby Covington mostra contrato e acusa Tyron Woodley de negar luta no UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

16/07/2020 08h00

Colby Covington não perdeu a chance de provocar seu rival Tyron Woodley - Diego Ribas

Atual número dois do ranking dos meio-médios (77 kg), Colby Covington segue com sua campanha de provocações na tentativa de conseguir uma luta contra o ex-campeão Tyron Woodley. Desta vez, o americano utilizou suas redes sociais para acusá-lo de fugir da disputa.

Através de sua conta no Instagram (veja abaixo ou clique aqui), Colby postou a imagem de um suposto contrato que teria sido oferecido aos dois atleta para um duelo no dia 22 de agosto. No entanto, ao menos de acordo com sua narrativa, o rival se negou a enfrentá-lo.

"Essa era para ser a luta principal do dia 22 de agosto, até que o Ytron fez o que seu pai deveria ter feito e fugiu, de novo", postou Colby, que em sua última luta foi nocauteado por Kamaru Usman, em duelo válido pelo cinturão da categoria.

Aos 32 anos, o americano deixou a America Top Team recentemente após colecionar inimizades com diversos companheiros de equipe. Dentre eles, Jorge Masvidal, Dustin Poirier e Joanna Jedrzejczyk. Por sua vez, Woodley perdeu as duas últimas lutas travadas no octógono - ele foi superado por Kamaru Usman e Gilbert 'Durinho'.

 

View this post on Instagram

 

?This was supposed to be your main event August 22nd on ESPN until Tyrone did what his daddy should've and pulled out... AGAIN! ?#AmericasChamp #PeoplesChamp #espn #ufc #KAG2020

A post shared by colbycovington (@colbycovmma) on Jul 15, 2020 at 3:18pm PDT

Esporte