PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Treinador revela que Daniel Cormier adiará aposentadoria do MMA

Ag. Fight

23/01/2019 14h14

Daniel Cormier já declarou publicamente que pretende se aposentar até a data de seu aniversário de 40 anos, no dia 20 de março - mas parece que os planos do campeão dos pesos-pesados terão que mudar. Isso porque Javier Mendez, seu treinador, declarou que o prazo para o americano pendurar as luvas será prolongado.

Técnico e líder da 'American Kickboxing Academy' - equipe da qual 'DC' faz parte -, Javier opinou que a melhor alternativa para seu atleta no momento seria enfrentar o astro da WWE Brock Lesnar. Em entrevista ao site 'BJPenn.com' nessa terça-feira (22), Mendez ainda revelou que Cormier dificilmente voltará a lutar nos meio-pesados (93 kg).

"Tantas coisas mudaram, o contexto, coisas que não estavam previstas. Agora, a aposentadoria será prolongada. Não sei ao certo, uma luta, duas, três, quem sabe. No melhor dos cenários ele ('DC') enfrenta o Brock Lesnar e pendura as luvas. Veremos o que acontece, é difícil cravar. Para mim, ele já desistiu do peso-meio-pesado, então acho que ele luta com Brock em seguida", declarou o treinador de Daniel.

Além de Brock Lesnar, Cormier tem a possibilidade de encarar outros dois grandes atletas no fim de sua carreira. Uma revanche contra Stipe Miocic, ex-campeão dos pesos-pesados, ou uma aguardada trilogia contra seu maior rival, Jon Jones. Mas embora esteja focado em 'DC' no momento, Javier já projeta o sucesso de outro atleta de sua equipe na divisão mais pesada do UFC.

"Por exemplo, meu objetivo é conseguir o título de volta para o Cain depois que 'DC' desocupar (o posto de campeão) no final deste ano", afirmou Mendez.

Ex-detentor do cinturão dos pesos-pesados, Velasquez já tem data marcada para retornar aos octógonos. O americano encara Francis Ngannou dia 17 de fevereiro, na luta principal do UFC Phoenix. Membros da mesma equipe, Cormier e Cain já descartaram a possibilidade de se enfrentarem no MMA. Portanto, a provável aposentadoria de 'DC' abrirá caminho para Velasquez brigar novamente pelo título do Ultimate.

Esporte