Topo

MMA


Ex-NFL assume responsabilidade por golpe ilegal em derrota no UFC

Greg Hardy fica no chão após desclassificação no UFC Brooklyn - Sarah Stier/Getty Images/AFP
Greg Hardy fica no chão após desclassificação no UFC Brooklyn Imagem: Sarah Stier/Getty Images/AFP

Ag. Fight

21/01/2019 08h00

A estreia de Greg Hardy no UFC não foi nada como o lutador planejava. Isso porque o ex-jogador da NFL (liga de futebol americano) foi desclassificado em seu debute no octógono mais famoso do planeta. O peso-pesado aplicou um golpe ilegal em Allen Crowder e obrigou o juiz a desqualificá-lo do combate.

Com a interrupção, o americano conheceu a primeira derrota de sua breve carreira no MMA, mesmo não sendo superado de fato na prática. E, logo após a luta, durante a coletiva de imprensa do UFC Brooklyn, Greg demonstrou sua frustração pelo resultado, mas assumiu total responsabilidade pela joelhada ilegal aplicada quando o adversário estava no chão.

"Eu assumo total responsabilidade. Não foi algo que fiz de propósito. Todos que me conhecem sabem que isso não é algo que eu normalmente faria. Queria apenas que nós voltássemos para o octógono para luta o terceiro round", desabafou o ex-astro da NFL, antes de assumir a culpa pelo golpe.

"Não sou um trapaceiro, isso não está no meu currículo. Trinta anos de vida, nenhuma vez. Nenhuma vez vocês me perguntaram algo e eu menti. Não ficarei aqui dizendo que não foi minha culpa. Eu que estava lá, eu fiz aquilo. É minha responsabilidade, sou um homem crescido, trata-se de caráter", completou o peso-pesado.

Como não poderia deixar de ser, Hardy demonstrou interesse em enfrentar seu adversário novamente em sua próxima aparição no Ultimate. Resta agora saber se esses são os planos da organização para a promessa do peso-pesado.

MMA