PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Nocaute inusitado rouba a cena do card preliminar do UFC 232

Diego Ribas, em Inglewood (EUA)

Ag. Fight

30/12/2018 00h21

A disputa entre as pesos-penas (66 kg) Cat Zingano e Megan Anderson roubou a cena do card preliminar do UFC 232, evento realizado neste sábado (29), em Inglewood (EUA). Em uma combinação desastrosa de acontecimentos, a luta durou apenas um minuto e coroou a australiana como vencedora, apesar da falta de ação.

Ainda no início do confronto, as atletas apenas se estudavam quando Megan desferiu um chute alto que pareceu lesionar a pálpebra do olho direito de Cat, que ficou impossibilitada de enxergar. Dessa forma, ela se apoiou nas grades sem reação, apenas à espera do árbitro.

Por sua vez, ele não podia interromper a disputa uma vez que o golpe foi legal e a americana não havia desistido verbalmente do duelo. Desta forma, coube a Megan que golpeasse a rival, que a essa altura estava de costas apoiada na grade. Após uma breve sequência de ataques da australiana, a luta foi interrompida e o nocaute decretado.

Acompanhe os resultados do UFC 232:

Megan Anderson nocauteou Cat Zingano no 1º round;
Petr Yan venceu Douglas Silva de Andrade por nocaute técnico no 2º round;
Ryan Hall finalizou B.J. Penn no 1º round;
Nathaniel Wood finalizou Andre Ewell no 3º round;
Uriah Hall nocauteou Bevon Lewis no 3º round;
Curtis Millender venceu Siyar Bahadurzada por decisão unânime;
Montel Jackson finalizou Brian Kelleher no 1º round

Esporte