PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Amanda Nunes será maior lutadora da história se vencer Cyborg, aposta noiva

Cris Cyborg e Amanda Nunes (dir) fazem encarada para UFC 232 - divulgação/UFC
Cris Cyborg e Amanda Nunes (dir) fazem encarada para UFC 232 Imagem: divulgação/UFC

Ag. Fight

26/12/2018 08h40

A noite do próximo sábado (29) vai, "sem dúvida", transformar Amanda Nunes na maior lutadora da história. A aposta - não exatamente imparcial - é de Nina Ansaroff, peso-palha (52 kg) do Ultimate Fighting Championship (UFC) e noiva da baiana. A 'Leoa' disputará o cinturão dos penas (66 kg) contra Cris 'Cyborg' na luta coprincipal do UFC 232, que será realizado em Inglewood, no estado americano da Califórnia.

Questionada pelo site 'MMA Fighting' sobre a chance de a baiana ser considerada a melhor de todos os tempos se vencer 'Cyborg', Nina respondeu sem hesitação. Afinal, a campeã dos galos (61 kg) derrotaria uma atleta invicta desde 2005 e se tornaria a primeira lutadora a conquistar títulos de duas categorias no UFC, dois feitos difíceis de igualar.

"Claro, nenhuma dúvida sobre isso. Não há dúvida que ela será a maior lutadora de todos os tempos quando ela vencer em dezembro. Desde o minuto em que decidimos que isso seria uma boa ideia, estamos tentando fazer isso acontecer. E finalmente chegou. Elas finalmente chegaram a uma data e estou empolgada para que Amanda mostre a todos a razão pela qual ela quis fazer isso", disse.

"Posso ver Amanda vencendo a luta em qualquer lugar, para ser honesto com você. Ela é muito boa em todos os aspectos do jogo. Ela é uma grande trocadora, é uma faixa-preta em jiu-jitsu. Ela provou que pode chegar a uma decisão dos árbitros. Posso vê-la vencendo a luta em qualquer lugar", completou.

Amanda Nunes também coloca em jogo uma importante invencibilidade neste sábado: ela não perde um combate desde 2014, quando foi nocauteada por Cat Zingano. Nestes quatro anos, a baiana emendou sete vitórias consecutivas e chegou ao auge da categoria no principal evento de MMA do planeta.

Esporte