PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Rockhold projeta estreia nos meio-pesados e desdenha de sucesso de 'Marreta'

Ag. Fight

21/12/2018 06h00

Luke Rockhold não é mais um peso-médio (84 kg). Ex-campeão da categoria, o lutador afirmou, em entrevista ao programa 'Submission Radio', que seu próximo combate será entre os meio-pesados (93 kg) e que pretende permanecer nesta divisão. O atleta analisou seus futuros adversários e projetou uma ascensão rápida rumo ao cinturão.

De acordo com Luke, 2018 já deveria ter sido o ano de sua estreia nos meio-pesados do Ultimate. Ele explicou que a oferta para enfrentar Chris Weidman no UFC 230, em Nova York, fez com que mudasse de ideia. No entanto, o lutador da AKA acabou se lesionando e sendo substituído por Ronaldo 'Jacaré'. Rockhold declarou que o processo de corte de peso facilitou o surgimento de contusões.

"Eu estava pronto para subir, e eles me seduziram com esta luta no Madison Square Garden. Eu me fiz acreditar que conseguiria, mas o corpo desmoronou no camp. Tudo começou a cair quando meu peso passou a diminuir mais e mais. Quando o estresse da luta cresceu, meu corpo simplesmente desmoronou", contou.

"Ficar mais pesado é a receita, o meio-pesado é o caminho. Estou chegando para esses caras. Não estou impressionado com o que está acontecendo na divisão deles e estou cansado de comprometer meu corpo. E eu sou um lutador melhor onde eu luto naturalmente e maior. Estou muito atrasado na subida de peso. O peso-médio acabou para mim. É hora de subir", falou.

Rockhold também avaliou o estado atual da divisão até 93 kg. Segundo ele, o recente sucesso de Anthony Smith - terceiro colocado no ranking - e Thiago 'Marreta' Santos - que estreou ganhando de Jimi Manuwa e pulando para o sétimo posto - mostram que ele tem condições de alcançar o cinturão rapidamente.

"Você tem caras fazendo ondas no meio-pesado que são meio risíveis, sabe? Alguns refugos dos médios conseguiram chegar ao top 10 em algumas lutas. A divisão está aberta. Estou pronto para a festa (...) Anthony Smith, sim. Santos também veio recentemente. Estes caras... Não estou impressionado. Não estou impressionado com esses caras. Eles são um pouco desleixados de muitas formas. Vejo brechas. Estou pronto para subir. O resto da divisão, há alguns bons caras lá, mas não vejo muita coisa", analisou.

"Tive algumas lutas vendáveis (oferecidas pelo UFC). Eu só tenho que ficar saudável. Quando eu estiver saudável, liberado, vamos ver quem está disponível, e será um dos caras do topo. (...) Eu gostaria de uma ou duas lutas antes de enfrentar o vencedor de uma destas lutas de título", disse.

Luke não luta desde fevereiro, quando foi nocauteado por Yoel Romero no UFC 221. Desde 2016, quando perdeu o título médio (84 kg) para Michael Bisping, Rockhold só fez uma luta por ano.

Esporte