PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cecilia Braekhus vence última luta de boxe da HBO e pede duelo com 'Cyborg'

Cecilia Braekhus, boxeadora norueguesa, posa durante pesagem na véspera de luta contra Kali Reis - Jae C. Hong/AP
Cecilia Braekhus, boxeadora norueguesa, posa durante pesagem na véspera de luta contra Kali Reis Imagem: Jae C. Hong/AP

Ag. Fight

10/12/2018 06h00

Anunciado em setembro por Peter Nelson, vice-president da 'HBO Sports', o final das transmissões de lutas de boxe pelo canal foi concretizado nesse sábado (8), quando Cecilia Braekhus venceu a americana Aleksandra Magdziak-Lopes por decisão unânime e manteve seus cinco títulos mundiais da modalidade.

Melhor desde o início, a norueguesa - Cecilia nasceu na Colômbia mas representa o país europeu - venceu todos os dez rounds disputados abusando de seus longos e precisos jabs, que rapidamente minaram a defesa da rival. Com o triunfo, a atleta agora soma 35 vitórias em cartel que permanece invicto.

"Eu tentei nocautear ela, mas Lopes é muito dura. Estou confiante que venci cada round e estou honrada de lutar no último card da HBO", narrou ainda no ringue, antes de voltar a sinalizar positivamente para um duelo com a brasileira campeã do UFC Cris 'Cyborg'. "Eu amaria enfrentar a Cyborg".

Embora ainda no campo dos rumores, a superluta entre as campeãs de boxe e de MMA é cogitada para 2019, quando a brasileira já estaria livre do contrato com o UFC. Caso ocorra, o encontro entre elas seria na regra do pugilismo, modalidade amplamente dominada pela norueguesa.

Curiosamente, Braekhus, escalada para a noite de despedida da HBO do mundo do boxe, foi a primeira lutadora mulher a ter uma luta transmitida no canal, que exibiu mais de mil duelos profissionais ao longo dos últimos 45 anos.

Esporte