PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tom de despedida! Presidente do UFC admite que peso-mosca "nunca decolou"

Ag. Fight

27/11/2018 12h29

O UFC ainda não confirma o fim da categoria dos moscas (57 kg) em 26 de janeiro, quando Henry Cejudo defende seu título contra TJ Dillashaw, campeão galo (61 kg), que descerá de peso para uma superluta. Mas, pela primeira vez, o presidente do Ultimate, Dana White, falou sobre o fracasso comercial da divisão - em um tom que parece deixar claro que a despedida será oficializada em breve.

Em participação no podcast 'UFC Unfiltered', Dana declarou que a categoria "nunca decolou", ainda que Demetrious Johnson - seu campeão durante quase seis anos - fosse considerado um dos melhores lutadores de MMA da história. Ele ainda minimizou uma recente e polêmica declaração de Dillashaw, que disse estar sendo pago para "matar" a divisão dos moscas.

"Quem disse que eu disse que pagaria uma p*** grana para matar a divisão? Eu nem sei o que isso significa, mas, sim, me deixe dizer: TJ Dillashaw não fez p**** nenhuma para a categoria mosca. Simplesmente, a divisão mosca nunca decolou e nunca pegou, mesmo com um campeão dominante como Demetrious. Simplesmente nunca pegou, e as pessoas não se importaram", falou, segundo transcrição do site 'MMA Nytt'.

"Lutei por um longo tempo para continuar, e as coisas ainda estão acontecendo, ainda temos lutas nesta divisão, mas veremos. Vamos ver o que o futuro reserva", completou o dirigente. Apesar da ponderação de White, não há, até o momento, nenhuma luta marcada para o peso-mosca após 26 de janeiro, quando Cejudo enfrenta TJ.

White evitou confirmar que fará outras trocas como a que levou Demetrious Johnson para o ONE e trouxe Ben Askren para o UFC. O dirigente reforçou que se tratava da única maneira de satisfazer as duas organizações. deal was the most appropriate.

"Não, não há mais nada acontecendo. Esta era a única maneira de fazer isso. E fazia sentido. Fizemos ofertas a outras organizações também. Fiz outras ofertas que não foram divulgadas. É algo que podemos fazer e, neste cenário, funcionou muito bem", finalizou.

Esporte