PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Brasileiro recém-contratado no 'Contender Series' encara pedreira em estreia no UFC

Ag. Fight

26/10/2018 06h00

Às vésperas de estrear no UFC, Thiago Moisés terá uma pedreira pela frente em sua primeira luta, no evento Fight Night 139, que ocorrerá no dia 10 de novembro. O paulista, que foi revelado no programa 'Contender Series Brasil', enfrentará o americano Beneil Dariush em Denver, no Colorado (EUA). Experiente, o lutador de origem iraniana já figurou, inclusive, entre os dez melhores atletas da categoria dos pesos-leves (70 kg), porém não vive uma boa fase, o que pode ser favorável para o brasileiro.

Dariush derrotou atletas de destaque na organização como os americanos Michael Johnson e James Vick, além do russo Rashid Magomedov, no entanto, ele não sabe o que é uma vitória há três lutas. E Thiago, que treina na American Top Team, uma das maiores academias do mundo, tentará se aproveitar disso, apesar de apontar que não será um desafio fácil.

"Estou feliz com essa luta. Vou enfrentar o Dariush, um cara que tem bastante nome na organização e já foi número nove do ranking do UFC. É um desafio grande para mim, mas sinto-me preparado, bem treinado e tenho certeza que vou levar esta vitória para o Brasil", contou o brasileiro, de acordo com release enviado pela sua assessoria de imprensa.

"Ele é um oponente duro, tem vários títulos no jiu-jitsu, já que competiu bastante de quimono. Os pontos fortes dele são o chão e a trocação, ele é dono de um muay thai muito bom. É um adversário canhoto, o que dificulta um pouco, mas tenho grandes parceiros de treino, grandes treinadores e, com certeza, vou estar preparado para tudo o que ele trouxer para essa luta", completou.

Assim como o seu oponente, Thiago também já participou de competições de jiu-jitsu, mas o lutador brasileiro garantiu que o seu objetivo no momento é focar no MMA e buscar o título do Ultimate, apesar de ter planos de ainda competir na arte suave sempre que tiver uma brecha na agenda. O paulista assinou contrato com a organização após se destacar na primeira edição do 'Contender Series Brasil', em que aplicou um nocaute sobre Gleidson Moraes ainda no primeiro round.

"Estar no UFC sempre foi meu principal objetivo desde que entrei no MMA, mas tenho saudades de lutar jiu-jitsu, de botar o quimono também. No futuro, quando não tiver luta marcada, quero competir de quimono também. O mais importante é continuar fazendo o que gosto. Amo minha profissão e acordo todos os dias motivado para exerce-la. O objetivo é buscar mais um cinturão para o Brasil", projetou.

Aos 23 anos, Thiago estreou no MMA em 2012, com vitória sobre o compatriota Wellington Dias. Desde então, o paulista acumulou um cartel profissional de 11 triunfos e apenas duas derrotas como lutador de artes marciais mistas. Já o seu próximo oponente, Beneil Dariush, somou 14 resultados positivos, quatro reveses e um empate ao longo da carreira.

 

Esporte