PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Bisping questiona retorno de Jon Jones ao MMA: "Precisa do lado selvagem"

John Locher/AP
Imagem: John Locher/AP

Ag. Fight

20/10/2018 09h00

Jon Jones não é um lutador conhecido apenas por suas performances dentro do octógono. O ex-campeão do UFC, apesar de ser um dos maiores esportistas de MMA de todos os tempos, ganhou fama após se envolver em casos polêmicos, como quando foi flagrado no antidoping por uso de drogas e quando se envolveu em um acidente de carro e não prestou socorro para a vítima. Mas na opinião de Michael Bisping, é exatamente esse lado que diferencia Jones dos demais. O inglês afirmou que a nova roupagem, mais pacífica, gera questionamentos sobre quão bem ele voltará ao cage contra Alexander Gustafsson, no UFC 232, em 29 de dezembro.

Na edição desta semana do seu podcast, 'Believe You Me', o ex-lutador do Ultimate opinou que a maneira com que Jones irá lidar com seus "demônios" do passado será primordial em seu retorno ao UFC. Bisping ainda comparou o estilo de Bones ao seu. De acordo com o britânico, o ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) é selvagem - assim como Michael se considerou em sua época.

"Vai ser interessante ver como Jones voltará. Muitos destes caras precisam dos seus demônios. Eles precisam do fogo. Precisam de algo que os transforme em fora da curva, em algo que os separa do resto. Muitas pessoas... Inclusive eu fui assim. Você precisa desse lado selvagem e, se você é só mais um cara normal, você não vai.... Não estou dizendo que precise ser um pouco imprudente ou ter um parafuso solto aqui ou ali, mas isso ajuda muito quando você sobe no octógono e luta contra alguém. A coisa dele é: ele é um cara selvagem", opinou Bisping.

Após cerca de um ano e meio afastado do esporte após ser flagrado no doping, Jon Jones enfrentará Gustafsson pela segunda vez, pelo cinturão vago dos meio-pesados (93 kg). No primeiro encontro, em 2013, os dois entraram para a história com uma das lutas mais emocionantes do MMA em todos os tempos.

MMA