PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Paulo 'Borrachinha' revela artimanha para negociar aumento no UFC

Gaspar Bruno, no Rio de Janeiro

Ag. Fight

31/08/2018 15h35

Paulo 'Borrachinha' figura hoje no top 10 do ranking da sua categoria no UFC e está com luta apalavrada contra Yoel Romero, primeiro colocado na corrida pelo cinturão. Isso põe o peso-médio (84 kg) brasileiro em uma situação de mais conforto na negociação de seus combates, mas nem sempre foi assim. Na época em que ainda não figurava nem entre os 15 mais bem colocados na divisão, ele usou uma artimanha para negociar um aumento com a organização.

'Borrachinha' estreou no UFC em março de 2017 com vitória por nocaute técnico sobre Garreth McLellan, ainda no primeiro round. Em junho do mesmo ano, no UFC Rio, seu estilo agressivo se repetiu e ele novamente encerrou o combate antes dos três rounds preestabelecidos. O Ultimate, então, quis garanti-lo no seu quadro de atletas e propôs renovação contratual. No entanto, o brasileiro pediu um valor acima do que a organização estava disposta a pagar. O evento, então, ofereceu um acordo ao lutador: caso vencesse o ex-campeão Johny Hendricks, conseguiria o acordo. E assim aconteceu.

"O UFC me chamou para renovar o contrato na minha segunda luta, depois de vencer por nocaute no UFC Rio. Eles me ligaram, o que é algo incomum. Eu tinha um contrato de quatro lutas e pensei: 'Bem, eles viram um valor diferente em mim'. Então pedi um valor alto e eles disseram que isso estava muito acima do que costumavam pagar, mas me propuseram fazer uma luta contra o Hendricks, para depois negociarmos", revelou o oitavo colocado no ranking dos médios em entrevista coletiva nessa terça-feira (28), no Rio de Janeiro.

"Eu disse que tudo bem, mas que depois dela iria pedir mais. Fizeram uma aposta comigo. Se eu perdesse a luta, possivelmente até aquilo que eles tinham oferecido iria cair um pouco. Aí eu pedi o que queria mesmo, fizemos a negociação e renovamos o contrato. (...) Lutadores não podem ser muito inibidos, humildes demais. Essa palavra não existe no meio da luta", completou.

Aos 27 anos, 'Borrachinha' está invicto na carreira profissional como atleta de MMA. Conhecido pela agressividade, o mineiro acumula 12 vitórias consecutivas, 11 delas por nocaute ou nocaute técnico e uma por finalização.

Esporte