PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-UFC comentará transmissão e fará luta coprincipal no mesmo evento

Ag. Fight

29/08/2018 13h18

Sean O'Connel lutará contra Bozigit Ataev na próxima quinta-feira (30) em busca do prêmio de um milhão de dólares (cerca de R$ 4 milhões) que será pago pela PFL (Professional Fighters League) ao atleta campeão de cada categoria do GP. No entanto, o ex-lutador do UFC não só entrará no ringue na noite do evento como também fará comentários sobre os duelos que antecederão a sua disputa na transmissão oficial do show.

O ritual de comentar e lutar deu certo no seu último combate, quando ao nocautear Ronny Markes no segundo round O'Connel garantiu cinco pontos, número suficiente para avançar no torneio. Isso porque, durante a primeira fase do GP, além dos três pontos por vitória, o lutador pode garantir três, dois ou um ponto extra se nocautear ou finalizar o duelo no primeiro, no segundo ou no terceiro round.

"Estou fazendo as primeiras três lutas da noite no 'Facebook Watch' e depois estarei na luta coprincipal do evento . Eu assisti a última luta dele, contra Spohn. Comentei aquela luta ao lado do ringue, então acompanhei de perto. Ele é um lutador incrivelmente rodado e experiente. Espero que realmente seja um teste muito difícil na minha carreira, mas vou mandá-lo para casa e para fora dos playoffs", analisou o meio-pesado (93 kg) em entrevista à rádio do site 'MMAjunkie'.

Aos 34 anos, Sean O'Connel assinou com o PFL após perder três lutas consecutivas e ser demitido do UFC. Com cartel de 18 vitórias e nove derrotas como atleta profissional de MMA, o veterano tentará na nova liga conseguir o sucesso que não obteve no Ultimate, em que venceu apenas dois dos sete combates que realizou.

Esporte