PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vick se justifica por 'trash talk' contra Gaethje e pede desculpas após sofrer nocaute

Ag. Fight

26/08/2018 13h02

James Vick sofreu, contra Justin Gaethje, no último sábado (25), a segunda derrota de sua carreira profissional. E, assim como no primeiro revés, o 'Texecutioner' acabou nocauteado. Além da dor pelo resultado negativo, o peso-leve (70 kg) ainda tem de lidar com os efeitos do 'trash talk' que usou para provocar o adversário. Em postagem no Instagram (veja abaixo ou clique aqui) neste domingo (26), Vick pediu desculpas aos fãs e justificou as declarações.

Nas semanas prévias à luta, ele chamou Gaethje de "Homer Simpson do MMA" e minimizou o cartel vitorioso do adversário fora do UFC. De acordo com Vick, Justin havia nocauteado apenas lutadores de segundo nível. No fim das contas, James acabou apagado e decidiu pedir desculpas.

"A noite de ontem foi a pior da minha vida. Obrigado, Justin Gaethje, pela oportunidade. Apesar de confiante em mim, eu sempre respeitei você. Eu disse o que disse para conseguir e promover a luta. Você é um cara de classe. Gostei de suas palavras gentis ontem. Não tenho desculpas. Eu estava em forma, saudável e confiante. Eu estraguei tudo. Para aqueles que acreditam em mim e me apoiam, eu peço desculpas sinceras. Vou voltar, continuar treinando e amar a vida de ser lutador, de ser um artista marcial. Essa é a vida que eu escolhi", escreveu.

Vick vinha de quatro vitórias consecutivas. Antes de perder para Gaethje, o 'Texecutioner' havia derrotado Abel Trujillo, Marco Polo Reyes, Joe Duffy e Francisco 'Massaranduba'.

Worst night of my life last night. Thank you @justin_gaethje for the opportunity. Tho confident in myself I did always respect you. I said what I said to get and promote the fight. You are a class act and I do appreciate your kind words last night. I have no excuses. I was in shape, healthy and confident. I blew it. For all those that believed in me and support me I am truly sorry. I will go back and keep training and loving this life of being a fighter and a martial artist. This is the life I have chose and I guess this comes with the territory. Thanks to all my friends, family and teammates for the support and thank you @UFC for the opportunity.

Uma publicação compartilhada por James Vick (@jamesvickmma) em 26 de Ago, 2018 às 6:44 PDT

Esporte