PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Rani Yahya credita à ATT confiança para inusitado desafio a TJ Dillashaw

Ag. Fight

26/08/2018 13h31

Rani Yahya abriu o UFC Lincoln com uma vitória arrasadora contra Luke Sanders. A maneira com que venceu, uma finalização, não foi exatamente nova. Surpreendente mesmo foi o que o lutador fez na entrevista pós-luta, ainda no octógono: desafiou TJ Dillashaw, campeão da categoria, apesar de ainda não estar ranqueado entre os melhores do peso-galo (61 kg).

Ao microfone do peso-leve (70 kg) Paul Felder, que atuou como repórter no evento deste sábado (25), Rani pediu ao Ultimate um duelo contra TJ ou um confronto no qual, se vencer, terá a chance de disputar o cinturão. "Quero lutar contra os melhores da categoria e me tornar o campeão. Quero enfrentar os melhores da divisão e me virar campeão. Quero enfrentar Dillashaw e vencê-lo. Tenho muitas lutas, muitas vitórias. Quem está ganhando de mim nesta categoria? Se eu tiver de fazer outra luta antes do título, me deem o contender número 1", falou.

Após o combate, já na zona mista, o brasileiro creditou à American Top Team, sua nova academia, a confiança para tentar alçar um voo tão alto. "Por muito tempo, não pude desempenhar o meu melhor. Estava 50%, 60%. Todo dia aprendo uma nova coisa, uma nova técnica, um novo conceito. Estou evoluindo muito bem. É como se eu tivesse renascido depois de ter feito essas mudanças. Agora tenho a confiança. Quero lutar contra os melhores", afirmou, em entrevista ao site 'MMA Junkie'.

Desde que desceu dos penas (66 kg) para os galos, Rani venceu sete lutas, perdeu uma e teve um 'no contest'. Na carreira, ele tem 26 triunfos, nove reveses, além da luta sem resultado citada.

Esporte