PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Repleto de brasileiros, UFC Lincoln tem 'vai ou racha' para ex-campeão do WSOF

Ag. Fight

25/08/2018 06h00

Justin Gaethje chegou ao UFC como promessa da categoria dos leves (70 kg) e certeza de lutas agitadas. Passado um ano e quatro meses de sua contratação, porém, apenas o segundo rótulo está colado no 'Highlight'. Com três lutas e duas derrotas seguidas ? ambas por nocaute ?, ele entra no octógono neste sábado (25) com o dever de se recuperar para se reaproximar dos primeiros colocados no ranking do UFC. Seu adversário será James Vick, que, apesar de ter 31 anos ? dois a mais do que Gaethje ?, é tido como um dos lutadores em ascensão na divisão.

A grande incógnita da luta reside nas condições de absorção de golpes de Gaethje, conhecido por gostar da trocação franca ? apesar de ter sido um wrestler condecorado antes de migrar para o MMA. Antes dono de um queixo duríssimo, o ex-campeão do WSOF deu mostras, em seus dois últimos combates, de que não suporta mais tantos danos quanto antigamente. O duelo contra Vick, que tem longa envergadura e gosta de usá-la para afastar os adversários, pode tirar esta prova.

Na luta coprincipal, Michael Johnson tem missão parecida com a de Justin. Mais experiente ? e vítima da única vitória de Gaethje no UFC ?, o americano vem de três derrotas e tenta voltar a ser relevante dentro da organização. Ele enfrenta Andre Fili, outro que já teve status de revelação, mas que não conseguiu fazer valer as expectativas em torno de si.

Encerrando a tríade de atletas que têm 'últimas chances', está Jake Ellenberger. Veterano de 45 combates, ele venceu apenas duas de suas dez lutas mais recentes. No córner oposto, estará Bryan Barberena, meio-médio (77 kg) que se notabilizou por aguentar muita pancada.

O UFC Lincoln, que será transmitido pelo canal Combate a partir das 19h30, tem seis brasileiros. Deiveson Figueiredo, único no card principal, enfrenta John Moraga em busca de um salto no ranqueamento dos moscas (57 kg). O brasileiro ocupa a 14ª posição, oito postos abaixo de seu rival. Se vencer, o 'Deus da Guerra' prometeu pedir um adversário do top 5 ou até uma luta contra o atual campeão da categoria, Henry Cejudo.

Além dele, representam o Brasil Warlley Alves, que faz duelo meio-médio (77 kg) contra James Krause, tentando voltar ao ranking da divisão; aos 38 anos, Iuri 'Marajó' Alcântara tenta frear o crescimento de Cory Sandhagen, de 26, pela categoria galo (61 kg); Markus 'Maluko' Perez busca a segunda vitória seguida diante do médio (84 kg) Andrew Sanchez; Kalindra Faria batalha contra o fantasma da demissão e a adversária Joanne Calderwood, em um combate que promete muitos golpes em pé; e Rani Yahya abre o card tentando a sexta finalização dentro do Ultimate.

Esporte