PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lesionado, Romero descarta luta com Paulo 'Borrachinha' em Nova York

Ag. Fight

20/08/2018 23h10

Paulo 'Borracinha' nocauteou Uriah Hall em julho e pediu por um duelo com Chris Weidman na sequência. Em alta na organização, o peso-médio (84 kg) brasileiro, que viu o atleta desafiado ser escalado para outro combate, recebeu como "bônus" um confronto contra Yoel Romero, o que o deixaria próximo do cinturão em caso de nova vitória. No entanto, tudo parece ter mudado nas últimas horas.

Ao mesmo tempo em que Weidman parece não ter luta oficial - seu oponente Luke Rockhold ainda parece negociar seu retorno ao octógono -, Borrachinha viu o próprio Romero alegar uma lesão na região orbital de seu olho esquerdo como razão do cancelamento ou adiamento do confronto. Desta forma, o embate entre os explosivos atletas não vai mais acontecer no dia 3 de novembro, em Nova York (EUA).

" Talvez de quatro ou cinco meses. O médico disse: 'Yoel precisa de mais tempo'. Você me conhece. Todos me conhecem. Se me oferecem alguém, eu aceito. Mas eu preciso ser esperto. Esperar até o médico falar: 'Você está pronto, pode ir'. Estou esperando", revelou em conversa com o podcast 'Ariel Helwani's MMA Show'.

Sem um pronunciamento oficial do UFC, o duelo pode ser adiado para algum outro card do show, quando o atleta cubano teria condições de e apresentar em alto nível novamente. No entanto, também existe a possibilidade de Borrachinha ser mantido no evento e encarar outro adversário de nome. E opções não faltam para data, uma vez que, até o momento, Ronaldo 'Jacaré', David Branch, Chris Weidman, Luke Rockhold, Derek Brunson e Israel Adesanya estão convocados para esta edição.

"Meu olho não está pronto. Quero essa luta, mas acontece. O médico disso: 'Yoel não pode lutar'. Quero lutar neste card, neste show. Qualquer oportunidade que você tem de lutar no Madison Square Garden, em Nova York, você está fazendo história. Mas eu preciso esperar", narrou.

Aos 41 anos, Romero, vice-campeão olímpico de wrestling em 2000, vem de derrota para o atual campeão do UFC Robert , em junho. Por sua vez, Borrachinha, 14 anos mais novo, segue invicto no MMA com 12 vitórias (sendo 11 por nocaute e uma por finalização).

Esporte