PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Esquiva Falcão nocauteia mexicano e fica a uma vitória de disputar cinturão

Esquiva Falcão vence luta contra Jonathan Tavira - Divulgação/Twitter
Esquiva Falcão vence luta contra Jonathan Tavira Imagem: Divulgação/Twitter

Ag. Fight

29/07/2018 11h14

Esquiva Falcão enfileirou mais uma vitória. Na noite de sábado (28), em Kissimee, na Flórida (EUA), o brasileiro derrotou Jonathan Tavira por nocaute, ainda no primeiro round, e se aproximou ainda mais de disputar o cinturão dos médios (73 kg).

Falcão usou, desde o início da luta, os golpes na linha de cintura para enfraquecer o mexicano. Depois de conseguir um knockdown, o capixaba insistiu na estratégia e obteve êxito, nocauteando o oponente. Após o triunfo sobre Tavira, o brasileiro agradeceu ao público brasileiro pelo apoio.

A vitória coloca o pugilista em uma condição muito boa para chegar a seu objetivo maior, que é o título mundial da categoria. E o plano é compartilhado por Bob Arum, diretor-executivo da Top Rank, promotora das lutas do brasileiro. Na entrevista coletiva pré-luta, na última quinta (26), ele declarou que, continuando a vencer, Esquiva vai disputar o cinturão em 2019.

O título é, hoje, do japonês Ryota Murata. O nipônico já enfrentou Falcão quando os dois ainda eram amadores, na final das Olimpíadas de 2012, em Londres, e ganhou o duelo. A pontuação, entretanto, foi muito contestada: Esquiva vencia a luta quando recebeu uma punição do árbitro, que virou o resultado de 13-12 para 13-14 em favor de Murata.

Esporte