PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dana White confirma retirada de cinturão interino de Colby Covington

Ag. Fight

29/07/2018 13h05

Menos de dois meses após se tornar campeão interino dos meio-médios (77 kg), Colby Covington não é mais o detentor do cinturão. A informação, especulada quando Darren Till foi escolhido como novo desafiante de Tyron Woodley, foi confirmada na noite da última sexta-feira (27) por Dana White, presidente do UFC.

O dirigente afirmou a jornalistas que não havia razão para manter o status de campeão com 'Caos' se, quando ele foi convocado a disputar o cinturão linear, recusou o combate. Embora o lutador tenha mencionado a necessidade de "férias", segundo Marcus 'Conan' Silveira, técnico da American Top Team, Colby fez uma cirurgia que o afastará do octógono. Dana não quis saber de justificativas.

"O cinturão interino funciona da seguinte maneira: você vence o cinturão interino, o que significa que você tem a próxima chance de enfrentar o campeão. Você é o detentor interino de um título e enfrenta o cam~peão quando ele estiver pronto - uma vez que o campeão está fora por alguma razão, por algum tempo. Woodley voltou, estava pronto para lutar, mas Colby não", explicou.

"Então, não vamos manter com dois campeões com cinturão. Quando o campeão estiver pronto, você precisa estar pronto, de modo que, quando um soco for lançado na luta, aquilo seja valendo o título", concluiu.

Apesar da decisão, Dana deixou claro que Covington "ainda é o cara". "Quando ele estiver pronto, ele vai ter a próxima luta", falou. Colby derrotou Rafael dos Anjos em 9 de junho, no UFC 225, e ampliou sua sequência de vitórias no peso-meio-médio para seis. A única derrota da carreira do 'Caos' foi contra Warlley Alves, em 2015.

Esporte