PUBLICIDADE
Topo

Esporte

50 Cent acusa Mayweather de ter causado duas mortes em 2014; entenda

David Becker/Getty Images/AFP
Imagem: David Becker/Getty Images/AFP

Ag. Fight

26/07/2018 07h00

Uma polêmica entre duas celebridades tem mexido com as páginas de fofoca nesta semana nos EUA. No entanto, a discussão cresceu e parece ganhar requintes de folhetim policial. Tudo começou quando o multicampeão de boxe Floyd Mayweather fez um post nas redes sociais em que apontava diversas acusações ao cantor '50 cent', e em resposta o rapper levantou a hipótese de 'Money' ser responsável por duas mortes.

Nessa segunda-feira (23), 'Fifty' acusou Mayweather de possuir um cartel de '63-0', em número que relatava o fato de 'Money' ter batido em 50 homens (números da carreira profissional), 11 mulheres (acusação de violência doméstica) e causado duas mortes. Em seguida, ele afirmou que os dois corpos eram do antigo sócio de Floyd, Earl Hayes, e de sua esposa Stephanie, que faleceram em 2014. À época, a polícia constatou que Earl matou a esposa e depois tirou a própria vida.

No mesmo post, o cantor afirmou que Floyd Mayweather teria se relacionado com a esposa do amigo, o que teria desencadeado uma crise de ciúmes e posteriormente o crime. "Eu vi você fazer algumas besteiras com o Reala e ele era seu melhor amigo. Quando ele terminou com a Jessica, você manteve ela por perto, deu um apartamento para ela, comprou um carro porque queria dormir com ela.  Diga a todos porque você estava no FaceTime quando ele matou Stephanie e a ele mesmo. Por que ele estava confrontando você sobre dormir com sua esposa. Você estava criando toda essa m... de Trey Songz, dê o fora daqui. Você não deu a mínima e foi assistir ao jogo de basquete"

Na época do incidente, fontes próximas a Floyd disseram ao site 'TMZ' que ele estava no FaceTime com Earl momentos antes do amigo matar Stephanie e virar a arma contra si mesmo. De acordo com essa versão da história, o atleta tentava convencê-lo a liberar a ex-esposa depois de descobrir que ela supostamente teve um caso com o cantor Trey Songz. Antes dessa acusação, '50 Cent' também afirmou que o boxeador fez a mesma coisa com seu melhor amigo P-Reala.

Essa confusão teve início ainda no último sábado (21), quando Mayweather publicou uma foto de 'Fifty' em sua rede social com um título à frente do rapper que dizia algo como "Conte uma fofoca ou morra contando", na tradução livre. A frase é um trocadilho ao famoso bordão de '50 cent' "Fique rico ou morra tentando", que inclusive deu nome a sua cinebiografia. Na legenda, 'Money' provocou o rapper ao dizer que ele não teve sucesso na carreira e que seu filho não quer mais a sua companhia.

"Curtis 'Informante Confidencial' Jackson, você está louco porque seu filho mais velho Marquees não quer ficar com você! Seu filho, sua própria carne e sangue, não quer nada com você! Você não teve uma música de sucesso na rádio e você definitivamente não está quente o suficiente nem mesmo para vender discos, então a Interscope deixou você sair. Você tem inveja de qualquer rapper, atleta ou artista que esteja em alta ou fazendo algo por si. Você é um fofoqueiro certificado e temos a papelada para provar isso. Você fala do Ja-Rule, mas roubou todo o seu estilo e fugiu!", disparou.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Esporte