PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cormier 'retira' Anderson Silva e Jon Jones da briga entre os melhores da história

Ag. Fight

25/07/2018 14h27

Campeão dos pesos-pesados e dos meio-pesados (93 kg) do UFC, Daniel Cormier nunca teve seu nome envolvido em suspeitas de doping. Os dois cinturões simultâneos o colocaram em um patamar diferenciado no esporte mas, de acordo com o atleta, é o fato de ser considerado um lutador 'limpo' o que realmente o habilita a fazer parte da discussão sobre quem o melhor de todos os tempos.

Para o americano, apenas outros dois atletas podem entrar nesta discussão: o atual campeão dos pesos-moscas (57 kg) do Ultimate Demetrious Johnson e o ex-campeão dos médios (84 kg) e dos meio-médios (77 kg) Georges St-Pierre. Ambos são conhecidos também por nunca terem tido quaisquer problemas relacionados ao doping, o que faria de suas carreiras mais merecedoras do que as de Anderson Silva e Jon Jones.

"Eu sou testado pela USADA desde 2001 e nunca apareceu nada, fossem suplementos contaminados ou qualquer outra coisa. Não é tão difícil de fazer isso, é só não trapacear. Não trapaceie e você não falha no teste, simples assim. Demetrious Johnson, Georges St-Pierre, esses caras também não têm nada disso ligado a seus nomes e, por isso, é com eles que eu deveria estar nessa discussão . Nunca tive que ir na frente de qualquer comissão e explicar por que falhei no teste porque sempre fiz as coisas da maneira correta", afirmou Cormier ao podcast 'Slip 'n Dip'.

E ao falar de doping, Cormier não poderia deixar de analisar Brock Lesnar, provável aspirante ao título dos pesados. O gigante americano foi desafiado por Cormier ainda no octógono logo após ele faturar o cinturão em seu último combate. Sobre o compatriota, que testou positivo para o doping após sua última vitória no UFC, em julho de 2016, e por isso teve o resultado anulado, o campeão foi enfático. Para lutar, terá que estar 'limpo', disse.

"Ele está sendo testado como qualquer outro atleta. Ele tem que ser testado por seis meses consecutivos e, confia em mim, ele será. Fui testado 32 vezes desde que a USADA chegou, então ele vai fazer o teste. Se ele estiver limpo por seis meses, é porque obviamente não está fazendo uso de esteroides. Vamos torcer por isso".

Daniel Cormier já declarou que fará apenas mais duas lutas antes de encerrar a sua carreira. 'DC' possui um cartel como lutador profissional de MMA de 21 vitórias, uma derrota e uma luta sem resultado.

Esporte