PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tyron Woodley ironiza possíveis desafiantes ao cinturão do UFC

Ag. Fight

24/07/2018 06h00

Tyron Woodley, atual campeão dos meio-médios (77 kg) do UFC, deveria fazer, ao menos em teoria, seu próximo duelo contra o dono do título interino da categoria, Colby Covington. No entanto, após a suposta recusa do rival para uma disputa a ser realizada em setembro, Darren Till surgiu como um novo possível desafiante. E, no meio desta conturbada situação, 'T-Wood' analisou sua posição e ironizou a postura dos principais rivais da divisão.

Ao site 'TMZ Sports', Woodley negou que o Ultimate tenha negociado com ele uma luta para a unificação dos cinturões contra Colby, que se tornou campeão interino após vencer Rafael dos Anjos, em junho. No entanto, o wrestler revelou que seu ex-futuro rival pediu pelo adiamento do possível combate, e que isso o incomodou.

" nunca nem mesmo entrou em contato comigo para falar sobre a luta . lutaram no dia 9 de junho, e eu nunca recebi um telefonema para lutar contra ele. O que eu realmente tenho que fazer é entrar lá e lutar com esse cara. Mas aí ele liga para Dana e diz: 'Ei, Dana ... minha vagina está dolorida... Então acho que não posso lutar contra Tyron Woodley'", provocou.

Sem lutar desde julho de 2017, quando venceu Demian Maia por decisão dos jurados, Woodley se afastou dos octógonos para realizar uma cirurgia no ombro. Recuperado e sem a possibilidade de realizar o duelo contra seu oponente mais óbvio, o campeão vê em Darren Till o nome seguinte da lista.

Por sinal, o atleta inglês já o desafiou nas redes sociais e pediu para que ele assinasse um suposto contrato para oficializar o combate, o que foi rapidamente ironizado pelo veterano. Para isso, Woodley apenas lembrou que Till não bateu o peso correto da divisão antes de sua última performance no octógono.

"Então, agora eu tenho alguém que me chama às 2 horas da manhã no Twitter e diz: 'Assine o contrato'. Odeio quando os lutadores fazem isso. Não tenho contrato , e quem é você? Você já acabou de perder peso? Se você quiser lutar comigo, faça com que seu empresário realize isto, faça com que Dana White realize isto, e esse é o acordo", minimizou.

Tyron Woodley se tornou o campeão da categoria ao nocautear Robbie Lawler no primeiro round, em julho de 2016. Desde a sua conquista, o americano realizou três defesas de cinturão bem-sucedidas e, aos 36 anos, acumula cartel com 18 vitórias, três derrotas e um empate.

Esporte