PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tudo por uma chance! Gustafsson cogita subir aos pesados para enfrentar Daniel Cormier

Ag. Fight

20/07/2018 14h22

A maré de sorte definitivamente não sorri para Alexander Gustafsson. Desde que perdeu por decisão dividida em 2015 para Daniel Cormier, o sueco vem de duas vitórias que o legitimaram como número 1 do ranking dos meio-pesados (93 kg). No entanto, ele parece não acreditar que o supercampeão voltará a atuar em sua categoria. Desta forma, para conquistar a esperada revanche contra 'DC', o lutador não descartou sua ida para os pesados.

E como se não bastasse, seu próximo compromisso - que poderia enfim credenciá-lo a uma disputa de cinturão - foi cancelado. Seu adversário Volkan Oezdemir se lesionou e foi obrigado a deixar o card do UFC 227. Por isso, sem lutar desde maio de 2017 quando nocauteou Glover Teixeira, Gustafsson perde espaço para nomes como Brock Lesnar e Mauricio 'Shogun' na busca por um duelo contra Cormier.

"É frustrante porque ele tem algo que eu quero. Ele não desce para me enfrentar e ele está mantendo o cinturão. Mas, ao mesmo tempo, a caçada não acabou. Eu posso continuar perseguindo . Se eu precisar passar para o peso-pesado para enfrentá-lo, eu vou", revelou Alexander ao site 'MMANytt' na última quarta-feira (18).

O retorno do astro da WWE aos octógonos como provável próximo desafiante ao cinturão dos pesados também despertou reações no sueco, mas não das melhores. O fato de Lesnar teoricamente ter passado sua frente na fila para uma disputa contra 'DC', apesar da inatividade no MMA de mais de dois anos, irritou Gustafsson.

"Não é divertido e ridículo na minha opinião. Eu não vejo a lógica nesta luta. É apenas uma luta por dinheiro Brock tem um grande número de seguidores no wrestling. Eu entendo DC. Ele quer ganhar dinheiro. É uma luta melhor para sua carteira, lutando contra Brock em vez de ir lutar comigo. É um risco muito maior lutar comigo", declarou o número 1 dos meio-pesados.

Apesar do supercampeão já ter demonstrado publicamente que não tem interesse em enfrentar Gustafsson, ele se mantém como um dos possíveis rivais para enfrentar DC antes de sua aposentadoria. Em sua carreira como lutador profissional, o sueco soma 18 vitórias e apenas quatro reveses.

 

I got injured and I'm not able to fight at #UFC227 ? damn it! I'm really sorry for all my fans, the @ufc and my opponent @alexthemauler . This event is going to be amazing anyway. I'll be back at 100% very soon!! #NoTime

Uma publicação compartilhada por Volkan Oezdemir (@volkan_oezdemir) em 20 de Jul, 2018 às 7:48 PDT

Esporte