PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Francis Ngannou admite erros em preparação para disputa de título do UFC

Ag. Fight

29/06/2018 13h58

Peso-pesado de destaque no MMA, Francis Ngannou chocou seus rivais com seu poder de nocaute apresentado no octógono - o maior já registrado pelo sistema de medição do próprio UFC -, o que o levou a ser apontado como favorito diante do campeão Stipe Miocic. No entanto, o duelo entre eles, realizado em janeiro, foi amplamente dominado pelo americano, garantindo assim rápida análise do atleta, que admitiu erros em sua preparação.

Ao aceitar a luta em cima da hora, Francis teve apenas seis semanas para preparar seu camp para o combate, e ao sentir a falta de profissionais de adequados para ajudá-lo preferiu voltar para Paris, cidade onde começou a treinar boxe. Lá, no entanto, ele não contou com o aparato existente no Instituto de Performance do UFC, em Las Vegas (EUA).

"Quando vi que tinha uma luta em seis semanas, percebi que precisava de alguém na hora, e eu não tinha. Então tive que ir para Paris antes da luta. Foi muito para mim, acho que isso tudo me manteve pressionado, fora de mim. E na hora da luta eu não fui eu mesmo", reconheceu durante conversa com os jornalistas presentes no media day realizado na sede do UFC na cidade americana, na última quinta-feira (28).

Uma vez na capital francesa, Ngannou teve que se adequar à nova estrutura e iniciar seu camp para disputar o título do UFC, em evento que foi realizado nos EUA. Dessa forma, o cenário para o atleta se apresentou cheio de falhas com as quais ele teve que lidar, de acordo com seu relato. Para sua próxima luta, no dia 7 de julho, porém, a expectativa é outra.

"Percebi antes de ir para Paris, percebi que não seria perfeito. Mas não tive escolha na hora, tinha que fazer lago. Sabia que não era a melhor coisa, mas não tinha opção. Tentei ajustar as coisas . Treinei com o John Wood, é o cara que se estou em Vegas diz o que eu tenho que fazer. E se amanhã eu precisar viajar, ele vai comigo na mesma hora", analisou.

No próximo dia 7 de julho, Francis encara Derrick Lewis em duelo de pesos-pesados ranqueados que pode colocar o vencedor em rota de colisão com Miocic. Na mesma noite, por sinal, o campeão coloca seu título em jogo contra Daniel Cormier, atual campeão dos meio-pesados (93 kg).

Esporte