PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Daniel Cormier culpa lutas com Jon Jones por ter caído no desgosto dos fãs

Mike Lawrie/Getty Images/AFP
Imagem: Mike Lawrie/Getty Images/AFP

Ag. Fight

29/04/2018 11h22

Apesar de ser o dono do cinturão peso meio-pesado (93 kg) desde maio de 2015, Daniel Cormier tem dificuldades para agradar os fãs de MMA. Antes do primeiro confronto com Jon Jones, 'DC' sempre recebeu o apoio da torcida, mas o duelo entre os americanos fez o atual campeão da categoria saber como é a sensação de ser vaiado na arena. Embora admita que interpretou o "cara mau" no primeiro confronto diante de 'Bones', Cormier garantiu que não entende como passou a ser odiado.

Durante conversa com os jornalistas para promover a 27ª temporada do programa 'The Ultimate Fighter', Cormier analisou que as lutas com seu maior rival no UFC o fizeram ser o vilão. No entanto, o atual campeão dos meio-pesados surpreendeu ao revelar que não pretende reverter esse cenário, já que não tem poder para mudar a mente dos fãs.

"Não sei o que eu fiz. Na verdade, eu não fiz nada. Fiz exatamente a mesma coisa que sempre fiz. Eles decidem quando gostam de mim e quando não gostam. A primeira vez que fui vaiado foi com o Jon. Eu interpretei o cara mau. Direi todas as coisas que fazem vocês me odiarem mais. Vocês odeiam que eu faça graça porque ele é um viciado? Falarei sobre todos os vícios dele em uma lista. Antes, eu achava que eles não me vaiariam por isso", narrou o americano.

"Então, vocês querem me vaiar por essas coisas? Vocês não gostam disso? Eu sei o que as pessoas gostam ou não, sei quando as coisas que publico no Twitter serão odiadas. Vocês querem que eu seja o vilão, serei o vilão. As pessoas decidem o que elas querem fazer. Na luta com Jones eram só vaias, em Boston era torcida. Não ligo, já me acostumei. Você não pode falar como as pessoas devem se sentir. Já tentei fazer isso. Se você me falar algo que você não gosta, vou abusar disso. Quero ter uma reação, seja positiva ou negativa. Não quero que eles sejam indiferentes. Enquanto eu tiver uma reação, tudo bem", completou.

Nas duas vezes que teve Jones do outro lado do octógono, DC saiu derrotado. Em 2015, perdeu por decisão unânime dos juízes laterais. No segundo encontro, em julho de 2017, Cormier foi nocauteado, mas 'Bones' testou positivo para esteroides durante o evento e o duelo passou a não ter resultado.

MMA