PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ponzinibbio fará cirurgia na mão e não tem data para voltar a lutar

Ag. Fight

27/04/2018 09h54

A lesão que tirou Santiago Ponzinibbio do UFC Chile não o fez apenas perder uma grande chance de subir no ranking dos meio-médios (77 kg) caso vencesse Kamaru Usman. O problema na mão esquerda só poderá ser resolvido por cirurgia, conforme revelou o próprio lutador.

Em entrevista ao site 'MMA Fighting', o 'Gente Boa' explicou que, depois de sentir a contusão, até tentou ignorá-la, mas seria pior. "A lesão aconteceu no sparring. Continuei treinando, porque queria lutar. Mas foi ficando pior. O médico examinou e disse: 'Santiago, não dá para lutar. Seria melhor se você fizesse uma cirurgia para consertar isso logo'", falou. Sua vaga no main event do UFC Chile foi ocupada por Demian Maia.

Ainda não há previsão para a data da cirurgia ? e, portanto, para o retorno do argentino ao octógono. Ele lamentou a perda da chance, sobretudo por se tratar do primeiro evento do Ultimate no país vizinho ao seu. "Eu queria muito lutar. Eu já sabia há muito tempo que encabeçaria o card e estava muito ansioso para isso. É muito ruim, mas é parte do meu trabalho. Fiquei muito chateado, mas vou voltar mais forte", declarou.

Ponzinibbio, de 31 anos, foi revelado pela segunda edição do programa 'The Ultimate Fighter: Brasil', em 2013. No UFC, tem dez lutas e só duas derrotas ? a última delas em junho de 2015, contra Lorenz Larkin.

Esporte