PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Ronda explica afastamento da mídia: 'Não acredito em crítica pública'

Ronda Rousey aparece no Royal Rumble, evento da WWE - Divulgação/WWE
Ronda Rousey aparece no Royal Rumble, evento da WWE Imagem: Divulgação/WWE

26/04/2018 13h34

Ronda Rousey foi uma das maiores lutadoras do UFC e agora virou estrela na WWE (maior liga de telecatch do mundo). Enquanto esteve na maior organização de MMA, a americana realizou seis defesas do cinturão da categoria peso-galo (61 kg) bem-sucedidas, mas sempre restringiu o seu contato com a imprensa. Para Rowdy, esse afastamento dos jornalistas é natural, já que pessoas famosas evitam se expor.

Ao longo da sua carreira vitoriosa, Rowdy só falou com a mídia em momentos necessários. Um deles foi durante o lançamento do seu próximo filme 'Mile 22' - que será lançado no próximo dia 3 de agosto -, no qual a ex-campeã do UFC explicou que não acredita em críticas públicas e que é uma desvantagem ter pessoas que dão as opiniões o tempo todo nas redes sociais sobre a vida da lutadora.

"Vivemos em uma era de julgamento pelo Twitter. Qual é a vantagem de ter uma opinião sobre as coisas? Isso coloca as pessoas para baixo. As pessoas famosas guardam as coisas cada vez para elas mesmas. Por que eu deveria falar? Acredito que me ouvir falar é um privilégio, um privilégio que foi abusado. Então, por que não revogar isso para todo mundo? Não acredito em crítica pública, em te colocar para baixo, então é a coisa certa a se fazer", atacou a americana.

Depois de ficar mais de um ano afastada do octógono, Rousey fez a sua estreia na WWE no último dia 8 de abril. Ao lado de Kurt Angle, a ex-campeã dos galos do UFC derrotou os dirigentes da liga, Stephannie McMahon e 'Triple H'.

Ainda no Ultimate, Rowdy foi a dona do cinturão da categoria entre 2013 e 2015 - quando foi nocauteada por Holly Holm.

MMA