PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ronaldo 'Jacaré' promete luta pelo título em caso de vitória no UFC Rio

Ag. Fight

23/04/2018 13h25

Ronaldo 'Jacaré' parece certo de que uma vitória diante de Kelvin Gastelum, no UFC 224, no Rio de Janeiro, vai lhe render uma disputa de cinturão. Em entrevista ao site 'MMA Fighting', o brasileiro afirmou que será o campeão dos médios (84 kg) depois de mais duas lutas ? a de 12 de maio, contra Gastelum, e a contra o vencedor de Robert Whittaker x Yoel Romero, que se enfrentam em junho pelo título.

Embora o UFC não tenha se manifestado oficialmente quanto a um eventual title shot para o brasileiro, Jacaré diz ter certeza de que isso vai acontecer. "Se você analisar, não há opção melhor. Chris Weidman não pode lutar agora, porque está lesionado. Kelvin Gastelum está aqui para lutar. Eu também. Então, o que vai acontecer é: em duas lutas, eu vou me tornar o campeão dos médios do UFC", declarou.

O veterano ainda afirmou que tanta certeza não deve ser confundida com falta de humildade. Afinal, aos 38 anos, o ex-campeão do Strikeforce já enfrentou os maiores nomes de sua categoria e, embalado por um contundente nocaute sobre Derek Brunson, ocupa a segunda posição do ranking oficial da divisão.

"Sem desrespeito, apenas confiança. Em duas lutas, eu vou ser o campeão. Estou trabalhando para isso, acredito nisso e vai acontecer. A luta contra Kelvin será dura, difícil, complicada, mas estou pronto para vencer qualquer um", afirmou.

Apesar de Whittaker, atual campeão do UFC, tê-lo nocauteado em abril do ano passado, Jacaré garantiu que não prefere vingar a derrota contra o australiano. "Só espero que seja uma boa luta e que o melhor vença. Quero estar lá na primeira fila. Não estou torcendo por nenhum deles. Quem tiver a melhor estratégia de luta vai vencer", falou o brasileiro, que também perdeu para Romero, mas em um resultado polêmico, em 2015.

Em janeiro passado, o brasileiro venceu Derek Brunson com um nocaute no primeiro round no duelo que marcou seu retorno após meses de recuperação de uma cirurgia no ombro.

Esporte