PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Alex 'Cowboy' deixa TFT e decide treinar apenas no interior do Rio de Janeiro

Felipe Paranhos, em Salvador (Bahia)

Ag. Fight

23/04/2018 17h22

O meio-médio (77 kg) Alex 'Cowboy' Oliveira não faz mais parte da equipe Tata Fight Team (TFT), informação esta que foi confirmada pelo líder do time, Tata Duarte, à reportagem da Ag. Fight. O lutador agora treinará apenas na ATS, em Três Rios, região Serrana do Rio de Janeiro.

Duarte explicou que os últimos camps de Cowboy ? contra Ryan LaFlare, Yancy Medeiros e Carlos Condit ? já não foram feitos com a TFT, já que Alex mora em Três Rios e tem descido cada vez menos a serra rumo à capital do Estado. "A nossa parceria com a ATS não foi renovada, e ele quase não estava vindo mais para o Rio treinar. Dessa maneira, eles acharam melhor tocar por lá mesmo os treinos dele. Desejo o melhor", afirmou, ressaltando que nenhum outro lutador de sua academia acompanhou o companheiro na mudança.

Ao menos publicamente, o clima de fim de relacionamento amigável também existe pelo lado de Oliveira. Ao site 'MMA Fighting', Alex disse que não vai mais trocar de academia. "Estou só com a ATS agora, onde sempre treinei e sempre vou treinar", declarou.

Em 2015 e 2016, o atleta alternou treinos na ATS, na TFT e na American Top Team (ATT), nos Estados Unidos. Lá, chegou a se envolver numa polêmica com Will Brooks, seu adversário e então colega de equipe, por estourar em quase três quilos o limite da categoria dos leves (70 kg). Brooks, hoje no evento PFL, fez uma postagem no Twitter afirmando que o brasileiro e seu respectivo empresário, Alex Davis, não pisariam mais na ATT ? mas logo deletou a mensagem.

Agora ex-treinador de Alex, Tata Duarte afirmou à Ag. Fight que a decisão do meio-médio não o surpreendeu. "Na verdade, já estávamos meio que esperando. O atleta tem que se sentir bem. Se não queria mais descer para treinar, é uma decisão dele. Cowboy gosta muito de ficar com os filhos e os animais dele e estava vindo pouco na TFT", falou.

Cowboy vem de vitória na luta mais importante de sua carreira, contra Carlos Condit, no UFC on Fox 29, realizado em Glendale (EUA). Ele ainda não tem retorno marcado ao octógono.

Esporte