PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Era maconha? Nate Diaz acende cigarro suspeito durante transmissão do UFC; veja

Ag. Fight

19/02/2018 06h00

Sem lutar desde agosto de 2016, quando foi superado por Conor McGregor no UFC, Nate Diaz ainda dá o que falar. Com seu nome cotado para liderar umas das próximas grandes edições do evento, o americano voltou a ter os holofotes em seus passos, e ele não perdeu tempo em causar nova polêmica.

Durante transmissão do UFC Austin, evento que aconteceu no último domingo (18), Nate, ao perceber que a câmera o filmava e que ele estava ao vivo na televisão e no telão do ginásio, puxou um suspeito cigarro, colocou na boca e pegou um isqueiro. Antes de acender, porém, sua imagem foi cortada da transmissão (veja aqui).

Usuário assumido de maconha, o atleta, assim como seu irmão Nick Diaz, estampam uma linha do produto na Califórnia (estado americano onde o consumo da erva é legalizado). Justamente por isso, a suspeita de que o cigarro que ele portava fosse de maconha gerou a rápida mudança de imagem.

Afinal, embora apenas quatro estados do país ainda proíbam por completo o uso do produto, no Texas, local onde o evento foi realizado, o uso é permitido apenas para fins medicinais e a dose limite de THC (princípio ativo da maconha) é fortemente controlado, o que faz do gesto do lutador uma bela provocação às leis locais.

Esporte