PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vitor Belfort confirma duelo com Lyoto Machida: "Fiz questão de lutar com um amigo"

Ag. Fight

17/02/2018 19h00

Noticiado na última sexta-feira (16), o duelo entre Vitor Belfort e Lyoto Machida foi confirmado pelo atleta carioca neste sábado. Através de suas redes sociais, o 'Fenômeno' garantiu que o adversário, data e local são perfeitos para sua despedida, tanto que ele pediu por esse cenário.

De acordo com seu relato, o confronto com o amigo ajudará a passar a mensagem de respeito que ele afirma ter carregado ao longo dos mais de 20 anos que atuou como profissional de MMA. Veterano dos primórdios do UFC e do Pride, Belfort se despedirá do octógono aos 40 anos no dia 12 de maio, na cidade do Rio de Janeiro.

"Estou há mais de 20 anos sendo relevante nesse esporte. Quebrei barreiras e pavimentei o caminho para algumas gerações de atletas que vieram depois de mim. Sou um dos pioneiros do esporte e me orgulho muito disso. Não queria me despedir do octógono sem fechar esse ciclo com uma mensagem relevante para: o esporte, o público e atletas. Por isso fiz questão de lutar com um amigo meu. Um profissional q eu respeito. Um homem de bem e pai de família. Não sou a favor do famoso "trash talk". MMA é um esporte! No qual eu e muitos outros homens de família tiram seu sustento", narrou.

De fato, Lyoto e Machida chegaram a treinar juntos anos atrás, quando a academia Black House, hoje sediada em Los Angeles (EUA), recebia feras do MMA nacional na cidade do Rio de Janeiro, onde hoje é o quartel general do time X-Gym.

"Eu e Lyoto nos conhecemos há anos. Conheço sua família e já treinamos juntos. Quis que especialmente essa luta fosse no Brasil porque tudo começou aqui. Nós inventamos esse esporte e exportamos para o restante do mundo. Agora eu espero que outra vez nós possamos enviar mais uma mensagem para o mundo: RESPEITO! No dia 12 de maio eu e meu amigo Lyoto Machida subiremos no octógono para darmos o nosso melhor e essa é a forma com que vamos mostrar que respeitamos um ao outro. Após a luta, continuaremos amigos, sempre, sempre respeitando um ao outro. Essa é a mensagem que quero deixar para a nova geração. Não sejam 'bullies', sejam homens. Porque o mundo precisa de homens de verdade", finalizou.

Ao longo de sua carreira no UFC, Vitor também enfrentou outros dois ex-parceiros de treinos. Curiosamente ele saiu do octógono derrotado tanto por Anderson Silva como por Ronaldo 'Jacaré'.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Esporte