PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Rashad Evans revela que problemas de Bisping com UFC impediram duelo

Minas Panagiotakis/Getty Images
Imagem: Minas Panagiotakis/Getty Images

Ag. Fight

16/02/2018 08h00

Após ter sofrido sua segunda derrota consecutiva em três semanas no final de 2017, Michael Bisping anunciou que chegara o momento de planejar sua aposentadoria. O inglês revelou o desejo de fazer a última apresentação de sua carreira no UFC Londres - evento marcado para o próximo dia 17 de março -, mas a ideia não saiu do papel. De acordo com Rashad Evans, que seria escalado para enfrentar o ex-campeão dos pesos-médios (84 kg) nesse show, o confronto foi vetado por problemas do 'The Count' com o Ultimate.

Há algumas semanas, Bisping revelou que não aceitaria a luta principal do card em Londres por pressão da sua família. Na ocasião, o inglês argumentou que sofreu lesões permanentes em sua carreira e, por isso, pessoas próximas pediram que ele não subisse mais ao octógono. Contudo, a negociação com o ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) já estava em andamento, e só não saiu do papel por conflitos entre o atleta britânico e a organização de MMA.

"Não vai acontecer . Recebi a ligação do meu empresário, ele quem tinha resolvido tudo. No início, eu nem queria lutar com Bisping, mas ele pediu para lutar comigo. Fiquei perplexo com isso, mas então pensei que ele apenas queria tomar uma surra do seu velho amigo mais uma vez. Não tenho mágoas do meu amigo querer lutar comigo ou alguém que eu pensava ser meu amigo querer lutar comigo, apenas pensei que seria legal", garantiu Evans, em entrevista ao programa 'MMA Hour'.

"Comecei a treinar e me preparar para a luta, mas não ouvia nada sobre o meu contrato. Recebi o meu contrato no mesmo dia que ouvi que o Bisping não estaria nessa luta. Ele não ia estar nessa luta por causa de problemas com o UFC. Não acho que lutaremos agora. Acho que essa luta fazia sentido para ele naquele momento. Não acho que faça mais. Não sei o que vai acontecer, mas não vou sentar e esperar por ele. Vou lutar com qualquer um que aparecer".

Sem que o duelo entre Evans e Bisping aconteça, o americano não tem um novo adversário confirmado. Depois de ter recusado o card "em casa", o inglês não voltou a mencionar uma possível última luta em sua carreira. Para o seu lugar no main event do UFC Londres, Fabrício Werdum enfrentará Alexander Volkov, pelos pesados.

MMA