PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Holly Holm rebate insinuação de doping de Cris Cyborg e afirma ser testada

Holly Holm será adversária de Cris Cyborg no UFC 219 - Justin Edmonds/Getty Images/AFP
Holly Holm será adversária de Cris Cyborg no UFC 219 Imagem: Justin Edmonds/Getty Images/AFP

Ag. Fight

23/11/2017 07h00

Escalada para enfrentar Cris Cyborg no UFC 219, evento marcado para o próximo dia 30 de dezembro, Holly Holm fez algo que não costuma fazer no último mês de outubro. Após ver a brasileira sugerir que ela não estaria sendo testada pela USADA (agência americana de controle antidopagem) regularmente, a americana correu para as redes sociais e respondeu as acusações da campeã peso-pena (66 kg) do Ultimate. Agora, "The Preachers Daughter" explicou o motivo de sua atitude.

Em entrevista no programa "The MMA Hour" na última segunda-feira (20), Holly contou que fez questão de publicar uma mensagem em suas redes sociais apenas para deixar claro que não usa qualquer tipo de anabolizantes. De acordo com a americana, ela simplesmente não anuncia para os fãs que está sendo testada... Mas isso não quer dizer que a USADA não acompanhe sua rotina.

"Eu não queria meu nome associado com nenhum tipo de substâncias de aumento de performance. Eu nunca usei nada, nunca. Em nenhum esporte que já pratiquei ou qualquer outra coisa na minha vida. Só porque eu não coloco nas mídias sociais toda vez que eles passam na minha casa ou na minha academia não quer dizer que não estou sendo testada. Nunca foi um problema, eles vêm, eles fazem o teste e pronto. Não é como se eu ficasse mostrando e falando por aí que 'fui testada hoje' e deixando todo mundo saber. Não é muito o meu estilo", declarou.

Após sofrer três derrotas seguidas na pior fase da carreira, Holly reencontrou a vitória no último mês de junho quando nocauteou Bethe Correia. Aos 36 anos de idade, a americana coleciona na carreira um cartel com 11 vitórias e três derrotas.

MMA