PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Flagrado em dois exames, Lesnar será julgado apenas por um doping

20/07/2016 17h32

Brock Lesnar foi o centro das atenções na coletiva do UFC 200 - Diego Ribas

Brock Lesnar foi pego em dois exames de controle antidoping – Diego Ribas

Que Brock Lesnar será punido por falhar no exame antidoping de seu retorno ao Ultimate, isso não há a menor dúvida. Entretanto, provavelmente o gigante americano vai precisar se afastar do MMA por menos tempo do que imaginou. Apesar de ter sido flagrado por duas vezes, uma no dia do UFC 200 e outra em teste realizado semanas antes da luta, o peso-pesado será julgado por apenas uma violação.

Isso vai acontecer porque quando saiu o resultado positivo do teste feito no dia 28 de junho deste ano, Lesnar só foi notificado em 14 de julho, ou seja, cinco dias depois de já ter sido colhida a amostra para a realização do segundo exame em que falhou. De acordo com site americano ‘TMZ’, o fato de ele ter sido submetido a um outro teste sem ter sido informado do resultado do anterior impede que ele seja julgado pela primeira amostra positiva.

A punição para um lutador que apresenta resultado positivo de uma amostra em um teste antidoping pode chegar até a dois anos. Caso a situação seja considerada ‘agravada pelas circunstâncias’, a duração do afastamento pode chegar até quatro anos. No caso de Brock Lesnar, se ele fosse julgado pelos dois resultados positivos, sua punição poderia ultrapassar todos esses períodos ilustrados acima.

A reportagem da Ag. Fight foi atrás das regras no Código Mundial Antidopagem para certificar a veracidade da informação publicada pelo site americano. De acordo com a norma de número 10.7.4, só é considerada uma segunda violação do sistema antidoping caso a organização responsável pelos exames comprove que desenvolveu esforços razoáveis para notificar o atleta acerca do seu primeiro resultado positivo. Se isso não acontecer, as violações serão consideradas em conjunto como uma única violação e valerá como decisão final a sanção mais severa. Portanto, Brock Lesnar não estará trapaceando ao responder por somente um resultado positivo, mas sim estará sendo beneficiado involuntariamente pela lei.

Esporte