Nadal não tem certeza se 2024 será o último ano de sua carreira

O espanhol Rafael Nadal, que na semana passada anunciou seu retorno às quadras em janeiro depois de um ano afastado, afirmou que 2024 deverá ser seu último ano como profissional mas, segundo ele, ainda não é uma certeza absoluta.

"Ainda tenho na cabeça que há uma boa chance de que seja meu último ano e que aproveitarei cada torneio como se assim fosse, mas não quero anunciar como tal porque no final não se sabe o que pode acontecer", disse Nadal nesta quinta-feira (7) em um vídeo em suas redes sociais. 

Na última parte destes pequenos vídeos em que detalhou a sua situação após anunciar o seu retorno às competições em janeiro no torneio de Brisbane, Nadal insistiu que "a gente sempre deve se dar a oportunidade e não dizer nada que depois a gente possa se tornar escravo do que disse".

"Não posso garantir 100% (que será o último ano) porque no fim das contas trabalhei muito para voltar a competir, e se de repente as coisas me permitirem e meu físico me permitir seguir em frente e eu gostar do que estiver fazendo, por que eu iria estabelecer um prazo? Acho que não faz sentido", disse ele. 

O vencedor de 22 Grand Slams anunciou que "há muitas possibilidades de que seja o meu último ano, há possibilidades de que seja apenas meio ano, que seja um ano inteiro, que não consigamos alcançar tudo isso... São coisas que neste momento não tenho a capacidade de responder a vocês".

"Só posso dizer que vou voltar a competir", disse Nadal, que reiterou que "não merecia encerrar a minha carreira esportiva numa sala de imprensa, gostaria que terminasse de forma diferente e tenho lutado e mantido meu entusiasmo em todos os momentos para que isso aconteça". 

Nadal anunciou na última sexta-feira seu retorno às competições no torneio ATP 250 de Brisbane, depois de quase um ano fora das quadras, desde sua derrota na segunda rodada do Aberto da Austrália, em janeiro passado. 

Desde então, o tenista já passou por duas cirurgias e em setembro já anunciou que a temporada de 2024 seria provavelmente a última de sua carreira.

gr/iga/aam/dd

Continua após a publicidade

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes