PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jogador sueco é acusado de receber dinheiro em troca de cartão amarelo

Sueco atuava no IF Elfsborg quando levou o cartão em troca de dinheiro - Daniel Vorley/AGIF
Sueco atuava no IF Elfsborg quando levou o cartão em troca de dinheiro Imagem: Daniel Vorley/AGIF

02/12/2020 16h47

A justiça sueca acusou nesta quarta-feira um jogador de futebol profissional de forçar o recebimento de um cartão amarelo em troca de dinheiro pago por apostadores durante uma partida da primeira divisão.

O fato ocorreu em maio de 2019, durante uma partida em que o jogador sueco - o nome não foi divulgado pela acusação, mas sabe-se que o atleta atuava no IF Elfsborg na época - recebeu um cartão amarelo.

"Pouco depois do duelo, o jogador recebeu emprestado uma grande quantia em dinheiro de pessoas que apostaram que ele receberia um amarelo neste jogo", informou o promotor Staffan Edlund.

O "empréstimo" foi no valor de 300.000 coroas, cerca de 30 mil euros (R$ 190 mil), de acordo com a acusação. O jogador foi acusado de corrupção passiva e violação da lei do jogo, e corre o risco de ser condenado a até dois anos de prisão. Os dois suspeitos de terem transferido o suborno em questão e violado a lei sueca de jogos de azar também serão julgados no caso.

A promotoria também acusou outro jogador de uma divisão inferior que teria aceitado suborno em seis jogos, todos perdidos.

Esporte