PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Uefa irá investigar Sergio Ramos por cartão amarelo na Champions

14/02/2019 19h48

Amsterdã, 14 Fev 2019 (AFP) - A Uefa abriu nesta quinta-feira um "expediente disciplinário" contra Sergio Ramos, capitão do Real Madrid, suspeito de ter forçado um cartão amarelo na quarta-feira em Amsterdã contra o Ajax, algo que o jogador negou.

Na zona mista após a partida vencida pela Real Madrid por 2 a 1, Sergio Ramos deu a entender que receber um cartão amarelo estava nos planos para que fosse suspenso da partida de volta e pudesse voltar ao time em uma eventual quartas de final. Em seguida, o jogador negou ter forçado a advertência.

"Quero deixar claro que me machuca muito, que não forcei o cartão, como também não o fiz contra a Roma no jogo anterior da Champions, e que apoiarei das arquibancadas como torcedor, mas com a esperança de poder jogar nas quartas", afirmou Ramos via Twitter na quarta-feira à noite.

Antes, na zona mista, o zagueiro havia dito: "Vendo o resultado, mentiria se dissesse que não forcei, é algo que tinha em mente, mas não é por subestimar o adversário nem pensar que o confronto já acabou. No futebol temos que tomar decisões complicadas e decidi assim".

Segundo esta declaração, Ramos, que acumulou um terceiro cartão amarelo que o impede de jogar o jogo de volta das oitavas de final, teria cometido a infração de maneira deliberada, uma entrada dura nos minutos finais da partida contra o Ajax, para ser suspenso e zerar seu número de cartões para as quartas de final, o que é proibido pelo regulamento da Uefa.

"Durante um jogo são muitas tensões, muitas sensações e muitas pulsações. É preciso tomar decisões em segundos. O melhor de hoje foi o resultado. O pior, não poder estar na volta junto com meus companheiros por um lance do jogo", completou no Twitter o jogador.

A Uefa, porém, não se mostrou convencida com as explicações posteriores de Ramos: "Um expediente disciplinário foi aberto (...) relacionado às declarações feitas pelo jogador do Real Madrid Sergio Ramos", anunciou a entidade europeia em comunicado nesta quinta-feira.

No ano passado, seu companheiro de Real Madrid Dani Carvajal foi punido com um jogo a mais de suspensão por ter recebido um cartão amarelo deliberadamente.

ta/sg/pm-dr/am

AFC AJAX

Esporte