PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Conmebol deseja VAR desde as oitavas da Libertadores em 2019

21/08/2018 14h18

Asunción, 21 Ago 2018 (AFP) - A Conmebol quer aplicar a vídeo-arbitragem (VAR) a partir das oitavas de final da Libertadores em 2019, informou nesta terça-feira à AFP um porta-voz da organização.

"A intenção é utilizar o VAR desde as oitavas de final em 2019", disse o presidente da Conmebol, o paraguaio Alejandro Dominguez.

O tema foi debatido de maneira genérica na segunda-feira, em reunião com os presidentes dos 16 clubes que disputam o mata-mata da Libertadores-2018 e o mandatário da Conmebol.

Integraram a reunião os presidentes de Flamengo, Corinthians, Palmeiras, Cruzeiro, Grêmio, Santos, River, Boca, Racing, Independiente, Estudiantes, Atlético Tucumán, Cerro Porteño, Libertad, Atlético Nacional e Colo Colo.

Todos os mandatários formaram uma sub-comissão da Conmebol, que terá como missão se empoderar dos assuntos relacionados ao futebol sul-americano por um ano.

O uso do VAR em forma regular é uma das principais demandas dos clubes, assim como o aumento das premiações.

Ambos os temas foram debatidos e os cálculos administrativos e financeiros para suas aplicações estão em poder da cúpula que dirige o futebol sul-americano.

Romildo Bolzan, presidente do Grêmio, expressou satisfação pelo encontro de dirigentes de clubes e considerou a experiência articulada pela Conmebol um passo transcendental em direção à transparência.

Já Juan David Pérez, mandatário do Atlético Nacional de Medellín, ponderou a dinâmica empreendida pela organização para atualizar as competições e colocá-las à altura dos torneios realizados pela Uefa.

"A Europa leva vantagem, mas acho que o esforço do presidente da Confederação é bastante apreciável e dará bons resultados nos próximos meses", destacou.

Esporte