PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico do PSG quer "criar conexão" com Neymar e tem plano antipolêmicas

BENOIT TESSIER/REUTERS
Imagem: BENOIT TESSIER/REUTERS

29/07/2018 09h55

O novo técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel, quis demonstrar respeito por Neymar neste domingo (29) e prometeu que as conversas que tiver com o craque brasileiro serão de portas fechadas como uma forma de evitar que qualquer declaração sobre ele vire polêmica.

"Sou jovem, apesar de nem tanto. Mas sei que quando falo de Neymar, cada palavra pode ser interpretada", declarou o treinador alemão de 44 anos em Cingapura, onde o PSG continua sua preparação para a temporada.

"Por isso, o melhor que posso fazer quando quiser falar com ele será conversar de portas fechadas", acrescentou.

O jogador mais caro da história do futebol foi alvo de críticas por sua tendência a reclamar e fazer simulações durante a Copa do Mundo da Rússia, mas Tuchel recusou revelar se vai falar sobre o tema com o Neymar.

O ex-treinador do Borussia Dortmund, entretanto, avaliou que deve criar uma relação estreita do craque.

"Estou certo de criar uma conexão com ele e também que é necessário gerar vínculos com este tipo de jogadores", declarou Tuchel. "É um jogador extraordinário, sabe como administrar as grandes vitórias e também como administrar as derrotas, porque o esporte é assim", acrescentou.

"Sempre é um desafio se recuperar e vou ajudá-lo para que consiga. Mas quando falar dele, quando falar com ele, ficarei em segredo", afirmou.

Esporte